Diretor de “Star Wars” deleta 20 mil tweets após demissão de James Gunn

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2018 14h22
ReproduçãoRian Johnson ao lado de Carrie Fisher durante filmagens do Episódio VIII

O diretor de “Star Wars: Os Últimos Jedi”, Rian Johnson, decidiu se precaver depois que a Disney demitiu James Gunn por uma série de tweets antigos. O cineasta excluiu cerca de 20 mil comentários na rede social para evitar qualquer constrangimento.

Assim que os tweets foram excluídos, um rumor surgiu afirmando que o direcionamento teria sido feito pela Disney a todos os seus funcionários para evitar novas polêmicas, mas Johnson negou.

“Não teve nenhum direcionamento e acho que nunca tuitei algo tão ruim. Mas nove anos de coisas escritas com cortes efêmeros, se haters investigando tudo como munição é o novo normal, então foi um movimento de ‘por que não?’”, escreveu.

De acordo com o Comic Book, Rian Johnson excluiu todos os tuítes feitos antes de 25 de janeiro deste ano, o que contabiliza cerca de 20 mil posts.