Disney demite diretor de “Guardiões da Galáxia Vol. 3” após comentários no Twitter

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2018 16h52
Reprodução/ InstagramTuítes antigos de James Gunn foram republicados na rede social

A Disney demitiu nesta sexta-feira (20) o diretor James Gunn, responsável por todos os filmes de “Guardiões da Galáxia”, e que já estava produzindo a 3ª sequência. O estúdio tomou a decisão depois que comentários antigos do cineasta foram republicados no Twitter.

Nos tuítes publicados entre 2008 e 2011, Gunn faz comentários controversos sobre pedofilia e estupro. A Disney classificou os comentários do diretor como “indefensáveis” e anunciou a demissão em comunicado oficial.

“As atitudes e comentários ofensivos descobertos no feed de James no Twitter são indefensáveis e inconsistentes com os valores do nosso estúdio, por isso encerramos nossa relação com ele”, anunciou a Disney em comunicado ao The Hollywood Reporter.

James Gunn estava trabalhando no roteiro de “Guardiões da Galáxia Vol. 3”. A franquia é uma das mais lucrativas do Universo Cinematográfico Marvel com a Disney: o primeiro filme teve US$773 milhões em bilheteria mundial e a continuação encerrou com US$863 milhões.

A Disney ainda não escolheu um substituto para o diretor no novo filme.

Diretor se desculpa

Logo depois que os tuítes de James Gunn foram republicados no Twitter, ele usou a rede social para se desculpar antes de excluir sua conta.

“Muitas pessoas que acompanharam minha carreira sabem que, quando comecei, me via como um provocador, fazendo filmes e contando piadas ultrajantes envolvendo tabus. Como já discuti publicamente muitas vezes, me desenvolvi como pessoa, assim como meu trabalho e meu humor”, escreveu.

“No passado, eu me desculpei pelo meu humor que machuca as pessoas. Eu realmente sinto muito e digo com sinceridade cada palavra das minhas desculpas”. Esta é verdade honesta e verdadeira: eu costumava fazer várias piadas ofensivas. Eu não faço mais isso. Eu não culpo o meu eu do passado por isso, mas eu gosto mais de mim e me sinto como um ser humano e criador mais completo atualmente. Amor para todos vocês”.