Disney reafirma que não trará James Gunn de volta a Guardiões da Galáxia

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2018 09h08
Reprodução/ InstagramO diretor não será readmitido no cargo, mesmo com pressão de fãs e elenco da franquia

De acordo com a revista Variety, a Disney e a Marvel reafirmaram que James Gunn não retornará para a direção do próximo filme de Guardiões da Galáxia. A decisão foi tomada após reunião entre Gunn e o presidente do estúdio, Alan Horn.

A conversa aconteceu por conta da grande pressão popular para que o diretor fosse readmitido no cargo. Gunn recebeu o apoio de todo o elenco da produção, incluindo os protagonistas Chris Pratt e Zoe Saldana.

A reunião de cortesia checou a possibilidade do retorno do profissional à franquia, mas Horn decidiu manter o que já havia sido decidido. O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, não esteve presente no encontro.

James Gunn foi demitido após um grupo conservador resgatar tuites de quase dez anos atrás em que ele fazia piadas com estupro e pedofilia, o que vai contra as diretrizes morais da Disney. Ele se desculpou por conta de seu passado e disse entender as razões que o fizeram deixar Guardiões da Galáxia.

Agora a Disney e a Marvel precisam correr para achar um novo comandante para o terceiro longa, que tinha previsão de início de suas filmagens em janeiro de 2019.