Favorita, Frances McDormand ganha o Oscar de melhor atriz

  • Por Agência EFE
  • 05/03/2018 07h49
EFEA atriz protagonizou um dos grandes momentos da noite ao pedir a todas as mulheres indicadas nesta edição do Oscar para que ficassem de pé

Frances McDormand confirmou o favoritismo e ganhou neste domingo o Oscar de melhor atriz, o segundo de sua carreira, pelo trabalho em “Três Anúncios para um Crime”.

McDormand superou na disputa Sally Hawkins (“A Forma da Água”), Meryl Streep (“The Post – A Guerra Secreta”), Margot Robbie (“Eu, Tonya”) e Saoirse Ronan (“Lady Bird: É Hora de Voar”).

Muito emocionada sobre o palco, a atriz protagonizou um dos grandes momentos da noite ao pedir a todas as mulheres indicadas nesta edição do Oscar para que ficassem de pé, um gesto que foi acompanhado por uma enorme salva de palmas no Teatro Dolby, em Los Angeles.

“Todas temos histórias e projetos que precisam de financiamento. Mas não falem disso conosco nas festas desta noite, nos convidem aos escritórios de vocês daqui a alguns dias ou podem vir aos nossos, o que preferirem”, afirmou.

McDormand agradeceu ao diretor Martin McDonagh e especialmente ao marido, Joel Coen, e ao filho Pedro: “Sei que estão orgulhosos de mim, e isso me enche de uma alegria eterna”, disse.

A atriz era favorita na disputa após ter arrasado na temporada de premiações, com vitórias no Globo de Ouro, no Bafta, no prêmio do Sindicato de Atores (SAG Awards) e nos prêmios Spirit do cinema independente.

Frances McDormand já tinha conquistado uma estatueta em 1997, pelo papel da inesquecível policial grávida de “Fargo: Uma Comédia De Erros”.

Essa foi a quinta indicação de McDormand ao Oscar. Além de “Três Anúncios” e “Fargo”, a atriz concorreu pelos trabalhos em “Mississipi Em Chamas” (1988), “Quase Famosos” ( 2000 ) e “Terra Fria” (2005).