Festivais de Cannes, Veneza e outros se unem em evento virtual no YouTube

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2020 14h57
EFE/EPA/SEBASTIEN NOGIERWe Are One: A Global Film Festival reunirá principais festivais em evento no YouTube

Os festivais de cinema mais prestigiados do mundo, entre eles os de Cannes, Veneza e San Sebastián, integrarão o We Are One: A Global Film Festival, um evento virtual organizado pelo YouTube como solução de emergência devido à pandemia de Covid-19.

A partir do dia 29 de maio e durante dez dias, esta iniciativa digital oferecerá gratuitamente ao público uma programação escolhida pelos festivais de Annecy, Berlim, Cannes, Guadalajara, Jerusalém, Karlovy Vary, Locarno, Londres, Macau, Marrakech, Mumbai, Nova York, San Sebastián, Sarajevo, Sundance, Sydney, Tóquio, Toronto, Tribeca e Veneza.

YouTube e Tribeca Enterprises, a organização por trás do Festival de Cinema de Tribeca em Nova York, são os responsáveis pelo We Are One: A Global Film Festival, que arrecadará dinheiro para a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras instituições envolvidas no combate ao coronavírus SARS-CoV-2.

“Falamos frequentemente sobre o poder dos filmes para inspirar e unir as pessoas além das fronteiras e das diferenças para ajudar a curar o mundo. Todos precisam se curar agora mesmo”, disse em comunicado nesta segunda-feira (27) Jane Rosenthal, cofundadora e CEO da Tribeca Enterprises.

A dirigente explicou que o We Are One: A Global Film Festival “reúne programadores, artistas e contadores de histórias para entreter e confortar audiências em todo o mundo”.

“Ao trabalhar com os nossos extraordinários parceiros e com o YouTube, esperamos que todos experimentem um pouco do que torna cada festival tão único e apreciem a arte e o poder do cinema”, acrescentou.

O diretor comercial do YouTube, Robert Kyncl, disse que este será um evento como “nunca foi feito antes”. “Estamos orgulhosos por sermos os anfitriões deste fantástico conteúdo, que é gratuito para os fãs de cinema de todo o mundo”, ressaltou.

Representantes do Festival de Cannes, um dos muitos eventos cinematográficos afetados pela crise global, também manifestaram satisfação.

“Temos orgulho de nos juntar a outros festivais para dar destaque a filmes e talentos extraordinários, permitindo ao público experimentar a forma como as histórias são contadas no mundo e a personalidade artística de cada festival”, afirmaram Pierre Lescure e Thierry Frémaux, que são, respectivamente, o presidente e o diretor do festival francês.

A pandemia forçou o fechamento das salas de cinema em todo o mundo, com consequências devastadoras para a indústria, e colocou os mais importantes festivais do circuito internacional em situação de indefinição.

O Festival de Veneza está mantido por enquanto, com a provável realização em setembro. Já Cannes, que estava programado para maio, foi adiado várias vezes e não deve ocorrer até julho.

*Com Agência EFE