‘Forrest Gump’: 11 de setembro impediu sequência com O.J. Simpson e Princesa Diana

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2019 08h56 - Atualizado em 21/03/2019 09h00
ReproduçãoRoteirista chegou a entregar a Robert Zemeckis a primeira versão escrita do filme que nunca existiu

“Forrest Gump”, filme de 1994 estrelado por Tom Hanks, quase ganhou uma sequência com O.J. Simpson e a Princesa Diana.

A história foi revelada pelo roteirista Eric Roth ao “Yahoo Enterteinment” nesta terça (20).

Roth contou que chegou a finalizar uma primeira versão da trama e apresentá-la ao diretor Robert Zemeckis – no dia 10 de setembro de 2001, um dia antes dos ataques ao World Trade Center, em Nova York.

Após os atentados, tanto os produtores do filme quanto o próprio Tom Hanks entenderam que aquele não seria o melhor momento para uma continuação, já que o público teria interesse em ir ao cinema.

A sequência iria acompanhar Forrest Junior, o filho do protagonista, que nasceu com AIDS.

“[O filme] começaria com o filho dele tendo AIDS e as crianças não querendo ir à escola com ele na Flórida”, disse Roth.

Em determinado momento, eles encontrariam com O.J. Simpson em plena fuga. “Eles estariam bem na cola do carro de O.J., mas de repente eles não o veriam mais no espelho retrovisor”.

Depois da fuga na estrada, Forrest Gump acabaria num baile. “Ele iria para um evento de caridade e dançaria com a Princesa Diana”, revelou Roth.

“Mas depois do 11 de setembro, tudo pareceu sem sentido”, finalizou.

Além de “Forrest Gump”, Eric Roth ficou conhecido por escrever os filmes “Munique”, “O Curioso Caso de Benjamin Button” e o remake de “Nasce Uma Estrela“, ao lado de Bradley Cooper e Will Fetters.