George Clooney disse para Ben Affleck não aceitar viver Batman no cinema

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2019 09h03
ReproduçãoBen Affleck ignorou conselhos do ator veterano e se aventurou não uma, mas três vezes na pele do Homem Morcego

Se quem avisa amigo é, Ben Affleck deve uma para George Clooney… Isso porque o ator veterano conversou com o “Hollywood Reporter” nesta semana e contou que aconselhou Affleck a não aceitar o papel de Batman no filme de Zack Snyder, em 2016.

Lembrando que o próprio Clooney já viveu o Homem Morcego, no filme “Batman & Robin”, de 1997. O longa foi dirigido por Joel Schumacher e contou com Alicia Silverstone como Batgirl; Chris O’Donnell como Robin; Arnold Schwarzenegger como Mr. Freeze e Uma Thurman no papel da Hera Venenosa.

Apesar dos grandes nomes, para Clooney a experiência não foi das melhores.

“Schwarzenegger recebeu algo em torno de US$25 milhões pelo seu papel, o que é 20 vezes mais do que eu recebi, e nem trabalhamos juntos! No fim, eu que acabei levando toda a negatividade. Sendo honesto: eu não fui um bom Batman e não era um bom filme, mas aprendi com o fracasso que foi, tive que repensar como trabalhar porque já não era mais um ator em um papel, mas sim um dos responsáveis pelo filme”, disse.

Por causa disso, o ator, que trabalhou com Ben Affleck em “Argo” (2012), disse para o colega tomar cuidado ao aceitar o papel de Bruce Wayne. “Eu conversei com ele, disse para não aceitar. Falei com base na minha experiência, mas ele se saiu muito bem”, afirmou Clooney.

Ignorando o conselho do companheiro, Affleck deu vida ao herói em três oportunidades: “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”, “Esquadrão Suicida” e “Liga da Justiça”. A próxima produção do Batman, ainda sem nome, chega em 2021, mas dessa vez sem Ben Affleck.