Globo de Ouro: Christian Bale agradece ao Satanás e agrada a Igreja do Satã, mas enfurece a Fox News

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 15h03
EFEChristian Bale durante discurso do Globo de Ouro 2019

Neste domingo (6), o ator Christian Bale conquistou o Globo de Ouro de melhor ator em filme de comédia ou musical por “Vice”. Tudo ocorria normalmente até o momento em que Bale escolhe ninguém mais, ninguém menos que Satanás para ironizar Dick Chaney, o vice-presidente americano que ele interpreta no longa.

“Obrigado, Satanás, por me dar inspiração para interpretar esse papel”, brincou o ator com o troféu em mãos. Ele explicou que foi um grande desafio interpretar um personagem “totalmente sem carisma”. “O que acha do Mitch McConnell ser o próximo?”, sugeriu ao diretor de “Vice”, Adam Mckay. McConnell é líder do Partido Republicano e senador de Kentucky, nos Estados Unidos.

A “homenagem” do ator foi bem aceita pela Igreja do Satã. “Ave, Christian! Ave, Satã!”, escreveu o perfil oficial da organização no Twitter sobre o discurso do ator. Apesar do nome, vale destacar que a Igreja não glorifica o Satanás e se descreve como uma associação ateísta.

Mas quem não gostou nenhum um pouco do discurso brincalhão de Bale foi Brian Kilmeade, apresentador da Fox News, que achou a fala do ator premiado um verdadeiro “insulto”. “É apenas um insulto real para um cara [Dick Cheney] que passou sua vida inteira em serviço público, de secretário de defesa a chefe de equipe, a vice-presidente dos Estados Unidos. Isso faz o Bush, a Condoleezza Rice e Donald Rumsfeld aparecerem horríveis”, declarou.

Liz Cheney, filha de de Cheney e deputada republicana, usou o Twitter para criticar o discurso compartilhando um delicado momento da vida de Bale, quando ele foi preso em 2008 por agressão. “Satã provavelmente o inspirou a fazer isso também”, escreveu Cheney na rede social.

Além das polêmicas, Bale agradeceu toda a equipe de maquiadores pela gigante transformação que passou para interpretar o personagem Dick, já que precisou engordar cerca de 18 quilos para o papel.