Jerry Lewis, ícone da comédia mundial, morre aos 91 anos

  • Por Jovem Pan
  • 20/08/2017 15h27 - Atualizado em 20/08/2017 15h45
EFEJerry Lewis durante o Festival de Cannes em 2013

Um dos maiores comediantes de todos os tempos, Jerry Lewis morreu neste domingo (20), aos 91 anos, nos Estados Unidos. De acordo com a Variety, o agente do ator confirmou que ele morreu de causas naturais em sua casa, em Las Vegas, no período da manhã.

O jornalista John Katsilometes, do Las Vegas Review-Journal, foi quem deu a notícia em primeira mão e divulgou um comunicado oficial da família de Lewis. “O lendário Jerry Lewis morreu de causas naturais, aos 91 anos, em sua residência, com sua família ao seu lado”, diz o comunicado.

Considerado o “rei da comédia”, Lewis vinha sofrendo há anos com ataques cardíacos, problemas pulmonares e dor crônica nas costas.

O comediante ficou famoso na década de 1950 como um artista de comédia em clubes noturnos, na televisão e no cinema. Ele ganhou destaque ao lado de Dean Martin, com quem formou uma das duplas mais famosas da comédia mundial, a partir de 1946.

Ao longo da carreira de mais de 5 décadas, Lewis estrelou mais de 45 filmes, entre eles “O Mensageiro Trapalhão” (1960), “O Rei da Comédia” (1982) e “O Professor Aloprado” (1963).

O comediante foi reconhecido com vários prêmios honorários, entre eles um Emmy e um Oscar em 2005 e 2009, respectivamente, e tem duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood.