Jussie Smollett não será indiciado por suposto ataque forjado; polícia retirou todas as acusações

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2019 12h54
EFEPolícia retirou todas as 16 acusações de falsa comunicação de crime contra o ator de "Empire"

A polícia retirou todas as acusações contra Jussie Smollet, o ator de “Empire” que, anteriormente, foi denunciado por forjar um ataque racista e homofóbico em janeiro.

Segundo o “TMZ”, Smollet e seus advogados tiveram uma audiência na manhã desta terça (25) e, após pagar uma fiança de US$ 10 mil, foram retiradas todas as 16 acusações de falsa denúncia à polícia. O ator foi penalizado com serviços comunitários e, dessa forma, o caso foi encerrado.

“Jussie foi atacado por duas pessoas que ele não foi capaz de identificar no dia 29 de janeiro. Ele foi uma vítima e foi difamado para parecer um criminoso”, declarou o advogado do ator.

Ainda de acordo com o “TMZ”, a promotoria não conseguiu formar um caso sólido contra Smollet. Na corte, foi atestado que os dois cheques recebidos pelos irmãos que supostamente teriam agredido o ator, na verdade, eram para treinamento físico.

 

Relembre o caso

Jussie Smollet, que estrela a série “Empire”, informou à polícia que foi atacado por dois homens na manhã de 29 de janeiro, enquanto caminhava sozinho na rua no bairro de Streeterville.

Na época, ele afirmou que os agressores gritavam “esta é uma área da MAGA”, em referência ao tema de campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, “Make America Great Again (Torne a América Grande Novamente)”.

A polícia investigou o caso por três semanas como um suposto crime de ódio, e prendeu de maneira temporária dois irmãos nigerianos, mas descobriu que o ataque foi orquestrado pelo próprio Smollett , que pagou US$ 3,5 mil aos dois para simularem um ataque racista contra ele a fim de conseguir um aumento de salário na série.

O ator chegou a ser preso, mas foi liberado após  pagar fiança de US$ 100 mil. Em fevereiro, ele foi afastado da série.