Netflix cogita não gravar filme com The Rock e Gal Gadot na Itália por surto de coronavírus

‘Red Notice’, com Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds, é um dos principais projetos da Netflix para este ano

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2020 19h32
Reprodução/Instagram'Red Notice', com Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds, é um dos principais projetos da Netflix para este ano

Com Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds como protagonistas, o filme de ação “Red Notice” é um dos grandes projetos da Netflix, mas a plataforma cogita não gravar parte do longa-metragem na Itália, como o planejado, devido à expansão da epidemia de coronavírus no país.

Sites especializados, como Deadline, afirmam que a empresa previa gravar algumas cenas da nova produção em território italiano, mas a incerteza gerada pelo coronavírus já motivou os encarregados pelo filme a buscarem alternativas. O centro da produção de “Red Notice” será em Atlanta, nos Estados Unidos.

A Itália é um dos países mais afetados pelo coronavírus. Segundo dados oficiais, pelo menos 52 pessoas já morreram no país devido à Covid-19, a doença causada pelo contágio.

Este não é o primeiro contratempo relacionado a Hollywood e coronavírus na Itália. Na semana passada, as gravações de “Missão: Impossível 7”, com Tom Cruise como protagonista, foram suspensas em Veneza até que a situação na cidade melhore.

De acordo com TMZ, o elenco de “Red Notice” está viajando em aviões privados para reduzir o risco de contrair o coronavírus. O portal divulgou uma foto da atriz Gal Gadot saindo de um avião privado em Atlanta.

Segundo a publicação, a escolha por esse meio de transporte foi da Netflix, e não da atriz, que acabou acatando a recomendação após ter dito em janeiro à revista People que não usaria mais aviões privados devido ao impacto prejudicial ao meio ambiente.

*Com EFE