Número de protagonistas femininas em Hollywood caiu em 2017

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2018 13h21
DivulgaçãoJennifer Lawrence em cena de "Mãe!"

Mesmo em meio às diversas campanhas promovidas pelas mulheres do meio cinematográfico no último ano (do combate ao assédio sexual à luta por igualdade salarial), um estudo revelou que ainda há um longo caminho para se trilhar. Divulgado pela IndieWire, o material da Universidade de San Diego mostrou que a quantidade de protagonistas femininas em Hollywood em 2007 foi menor que a de 2016.

De acordo com a pesquisa, as mulheres protagonizaram apenas 24% dos 100 filmes com as maiores bilheterias do ano – queda de 5% em relação ao ano anterior. Além disso, 32% das produções tiveram 10 ou mais personagens femininas com falas, enquanto 79% tiveram homens. “Os números ainda não refletem os pedidos de uma mudança massiva na indústria do cinema”, disse a Dra. Martha Lauzen, do Centro de Estudo das Mulheres na Televisão e nos Filmes da universidade.

As campanhas promovidas pelas profissionais da indústria, entre elas #MeToo e Time’s Up, serão retratadas, inclusive, por Jennifer Lawrence em uma série documental que ela produzirá com Catt Sadler. Ainda não foram divulgados maiores detalhes do projeto.