O que a série de “O Senhor dos Anéis” terá que enfrentar para dar certo?

  • Por Adriano Sarafim/Jovem Pan
  • 15/11/2017 08h09
ReproduçãoA Amazon produzirá uma série de TV baseada na obra de J.R.R Tolkien

A obra de J.R.R. Tolkien, “O Senhor dos Anéis”, ganhará uma série voltada para televisão, desenvolvida pela Amazon Studios. O enredo se passará em momentos que precedem a história mostrada nos cinemas em a Sociedade do Anel, segundo informações da imprensa norte-americana.

Alguns fãs se mostraram empolgados em ver o rico universo de Tolkien novamente sendo reproduzida, mas também tiveram outros que acharam muito prematuro a retomada da história de Frodo e seus aliados, já que fazem apenas 14 anos que “O Retorno do Rei” chegou para ganhar 11 estatuetas no Oscar.

Boatos afirmam que a Amazon pagou de US$ 200 a US$ 250 milhões para adquirir os direitos da franquia e os gastos não param por aí. Como vimos nos três longas que chegaram aos cinemas, serão necessários muitos investimentos para criar algo à altura.

A Jovem Pan separou os maiores desafios da Amazon e outros desenvolvedores envolvidos para levar a história da terra-média para a televisão, sem esquecer da qualidade desejada por todos os fãs.

Elenco competente

A obra de J.R.R. Tolkien é repleta de personagens cativantes e certamente os fãs desejarão um elenco competente para interpretá-los. Ainda não sabemos se rostos conhecidos que apareceram em “A Sociedade do Anel” estarão presentes, mas seria maravilhoso ter alguns deles retornando para seus personagens, não é mesmo? As apostas, porém, devem se concentrar em rostos desconhecidos por conta dos salários.

Abrir o bolso para efeitos especiais

Com uma história repleta de fantasia, a Amazon precisará abrir o bolso para fazer uma caracterização à altura do que a obra pede. Os efeitos especiais com certeza serão muito importantes para que a série se mantenha em alta qualidade, atraindo fãs e novas pessoas para o universo de J.R.R. Tolkien.

Sucesso recente nos cinemas

A série de TV precisará ser praticamente perfeita, muito por conta do sucesso que “O Senhor dos Anéis” fez nos cinemas, arrecadando muito dinheiro para os cofres da Warner Bros. e agradando tanto fãs quanto críticos especializados. Com seus três filmes, a franquia levou para casa 17 estatuetas do Oscar, um recorde na história do cinema até hoje.

Fãs exigentes

A trilogia de filmes de “O Senhor dos Anéis” angariou uma legião de fãs por todo o mundo e muitos deles já ficaram com um pé atrás após o anúncio da produção da série. Uma das missões mais difíceis será conquistar o respeito deles, já que tudo o que aconteceu nos longas está muito fresco em suas cabeças.

Audiência

Investir numa franquia poderosa como “O Senhor dos Anéis” é um passo ousado para a Amazon crescer com seu serviço de streaming e bater de frente com gigantes como a Netflix e a HBO. A empresa precisará trabalhar muito bem para atrair pessoas para a sua plataforma, entregando um serviço de qualidade e competente. Transformar todo o hype em audiência real será uma das grandes missões deles, para que a série perdure por muitos anos e temporadas.