Por temática LGBT, China tira vencedor do Oscar do Festival de Pequim

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2018 09h57
Divulgação"Me Chame Pelo Seu Nome" foi censurado e não poderá ser exibido no país

Por vencer o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado neste ano, todos pensavam que Me Chame Pelo Seu Nome seria presença garantida nos maiores festivais de cinema do mundo. Mas não vai ser bem assim. Nesta semana, ele foi banido da programação do Festival de Pequim. E acredite se quiser: apenas por conta de sua temática LGBT.

As informações foram divulgadas na segunda-feira (26) pela Reuters. Tanto a organização do evento como a Sony Pictures, empresa distribuidora da produção, recusaram-se a comentar o caso. O festival está previsto para acontecer entre os dias 16 e 23 de abril.

Dirigido por Luca Guadagnino, o longa-metragem narra a história de amor entre Elio (Timothée Chalamet) e Oliver (Armie Hammer) durante uma viagem de férias pela Itália. “O filme é um desvio da política da China”, explicou Wu Jian, crítico de cinema local, adicionando que é “vergonhoso” que uma produção tão renomada tenha sido banida no país.