Qual ator se deu melhor com o fim de “Friends”?

  • Por Júlia Paolieri/ Jovem Pan
  • 22/09/2017 09h23 - Atualizado em 22/09/2018 16h47
Reprodução Friends "Friends" foi ao ar de 1994 a 2004 e deixou os fãs órfãos com seu fim

Há exatos 24 anos, estreava na TV americana o primeiro episódio de uma das séries mais famosas da história: “Friends”. Em 22 de setembro de 1994, o mundo conhecia Monica, Rachel, Phoebe, Chandler, Joey e Ross e, desde então, os personagens nunca foram esquecidos.

O sucesso da série foi tão grande e os personagens tão marcantes que muitos dos protagonistas tiveram dificuldade de se desvencilhar de seus papeis na série ao longo da carreira e principalmente com o fim de “Friends”, em 2004.

Depois que o último episódio foi ao ar, quem se deu melhor na carreira? A Jovem Pan Online relembrou os trabalhos Courtney Cox, Jennifer Aniston, Lisa Kudrow, Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimmer para ver se há vida depois de “Friends”.

Confira:

Courtney Cox – Monica

Reprodução

Antes de dar vida a inesquecível Monica Geller, Courtney Cox já tinha uma carreira reconhecida em Hollywood. Com o fim da série, ela não descansou. Engatilhou filmes como “Golpe Baixo”, “Um Faz De Conta Que Acontece” e “Pânico 4”, mas sempre em papeis coadjuvantes e menores. Um dos pontos altos na carreira da atriz depois de “Friends” foi a série “Cougar Town” (2009-2015), que lhe rendeu uma indicação de Melhor Atriz ao Globo de Ouro em 2010.

Jennifer Aniston – Rachel Green

A eterna Rachel Green conseguiu se reinventar depois de “Friends”. Jennifer Aniston apostou em papeis dramáticos logo que a série acabou, mas não se distanciou da comédia. “Dizem Por Aí…”, “Separados Pelo Casamento”, “Marley & Eu”, “Esposa de Mentirinha” e “Família do Bagulho” são apenas alguns dos muitos filmes famosos da atriz. O grande reconhecimento por sua veia dramática veio em 2014, quando recebeu indicação ao Globo de Ouro e SAG Awards por “Cake: Uma Razão Para Viver”.

Lisa Kudrow – Phoebe

Lisa Kudrow fez diversas participações em séries cômicas com o fim de “Friends” e, apesar de ter se aventurado pelo drama, abraçou as comédias na carreira. Ela apareceu em “P.S. Eu Te Amo”, “Máfia no Divã”, “A Mentira”, “Vizinhos”, “A Garota no Trem” e, em 2016, surpreendeu com sua participação surpresa em “Unbreakable Kimmy Schmidt”, da Netflix.

Matthew Perry – Chandler

O inesquecível Chandler demorou para ganhar um papel que repercutisse (quase) tanto quanto o de “Friends”. Depois de engatar personagens pequenos, o ator protagonizou “17 Outra Vez” ao lado de Zac Efron em 2009 e, em 2012, voltou a ser destaque na mídia com sua nova série “Go On: Seguindo em Frente”. Desde 2011, Perry abandonou os filmes e passou a se dedicar exclusivamente às séries, como “The Odd Couple” e a atual “The Kennedys After Camelot”.

Matt LeBlanc – Joey

Matt LeBlanc foi, provavelmente, o ator que mais teve dificuldade de abandonar seu personagem. Com o fim de “Friends”, ele continuou vivendo Joey Tribiani em um spin-off da série que durou por 2 temporadas. Desde então, ele se arriscou em poucos projetos, a maioria séries de TV e no filme “Lovesick”. O seriado “Episodes” (2011) foi o seu maior acerto: lhe rendeu uma indicação ao Emmy e uma vitória no Globo de Ouro em 2012; no entanto, a série foi cancelada em 2017 depois de 5 temporadas.

David Schwimmer – Ross

David Schwimmer não ficou sem trabalhar desde que abandonou Ross Geller. O primeiro papel de destaque depois de “Friends” foi dublando a girafa Melman em “Madagascar”. Daí, o ator engatou projetos menores, como os filmes “Faces da Verdade” e “John Carter: Entre Dois Mundos”. A grande renovação da carreira de Schwimmer aconteceu em 2016, quando ele surpreendeu na pele de Robert Kardashian para a premiada série “American Crime Story”. O papel, inclusive, garantiu uma indicação ao Emmy.