Thor: Ragnarok chega para interligar todo Universo Marvel

  • Por Adriano Sarafim/Jovem Pan
  • 24/10/2017 14h23
Reprodução thor, hela e valquiria O herói ganhará um tom muito mais leve em seu terceiro filme solo

“Thor: Ragnarok” estreia essa semana nos cinemas brasileiros, finalizando o terreno para a chegada de “Os Vingadores: Guerra Infinita”, além de apresentar uma nova roupagem do herói nórdico, voltada mais para a comédia do que ao tom clássico presente nos quadrinhos.

Em todas as entrevistas feitas até o momento, o diretor Taika Waititi enfatizou que os fãs verão um longa engraçado e cheio de piadas. Isso será ruim? Não! A Marvel já é conhecida por adotar um tom mais leve em suas produções e certamente teremos boas cenas com o humor de Chris Hemsworth (Thor) sendo mais explorado.

Mesmo que as piadas excessivas tirem a paciência de alguns fãs, o visual oitentista adotado pela produção desde a divulgação do logo do filme certamente compensará a frustração. Colorido e abusando de cores fortes, os trailers e demais vídeos de “Ragnarok” chamaram a atenção de forma muito positiva, com muita referência às histórias das HQ’s.

Dessa vez, Thor terá pela frente a vilã Hela, interpretada pela premiada atriz Cate Blanchett. Visualmente, a antagonista traz uma fidelidade impecável. Considerada a deusa da morte na cultura nórdica, Hela já demonstra um pouco de seu poder ao destruir o todo poderoso martelo Mjolnir do herói. Lembrando que nem o Hulk conseguiu segurar a arma.

Falando no monstro verde, o Ragnarok de Thor se mescla com o arco “Planeta Hulk”, uma das histórias mais aclamadas do herói nos quadrinhos. Já sabemos que o Hulk terá mais consciência e falará no longa, o que certamente aumentará a importância do monstro em tela.

Para quem está interessado no Ragnarok histórico, que representa a morte e renascimento dos deuses e do mundo, o longa traz diversas figuras importantes. Além de Hela, o demônio Surtur, Lobo Fenrir e as Valquírias fazem parte da trama e são centrais para o andamento do roteiro.

Comédia ou não, Thor: Ragnarok promete bons momentos do herói, além de ser a ligação final com Guardiões da Galáxia e Os Vingadores para a esperada Guerra Infinita contra Thanos, que chegará aos cinemas em 2018.