“Velozes e Furiosos 7” segue no topo da bilheteria nos EUA

  • Por Efe
  • 13/04/2015 16h34

"Velozes e Furiosos 7" segue no topo da bilheteria nos EUA

Velozes e Furiosos 7 segue no topo da bilheteria nos EUA

Los Angeles (EUA.), 13 abr (EFE).- Apesar de apresentar uma queda de 59% na arrecadação em relação à estreia, “Velozes e Furiosos 7” se manteve no topo da bilheteria dos Estados Unidos com um faturamento de US$ 60,5 milhões.

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo site especializado “Box Office Mojo”, o filme dirigida por James Wan e protagonizado por Vin Diesel, Dwayne Johnson, Paul Walker, Michelle Rodriguez e Jason Statham, entre outros, superou a barreira dos US$ 250 milhões nos EUA em menos de dez dias. No mundo todo, a soma chega a mais de US$ 800 milhões, o que já se tornou o produto mais bem-sucedida da franquia automobilística. A história, dessa vez, conta como Deckard Shaw (Statham) busca se vingar de Dominic Toretto (Diesel) e sua gangue pela morte de seu irmão.

Na segunda posição entre os filmes em cartaz está a animação “Cada Um na Sua Casa”, que arrecadou US$ 19 milhões. O filme narra a amizade entre uma valente menina, com a voz interpretada pela cantora Rihanna na versão original, e um extraterrestre, dublado por Jim Parsons, o Sheldon Cooper da série “The Big Bang Theory”. Juntos, eles têm a responsabilidade de salvar o mundo enquanto tentam encontrar seu lugar nele.

O romance “A Viagem Mais Longa”, protagonizado por Scott Eastwood e Britt Robertson, ficou em terceiro lugar com US$ 13,5 milhões arrecadados. A obra conta a história de amor entre um antigo campeão de rodeio que tenta de voltar ao lugar mais alto da competição e uma estudante a ponto de realizar seu sonho de trabalhar na indústria da arte em Nova York.

Além disso, na quarta posição, a comédia “Get Hard”, com Will Ferrell e Kevin Hart, arrecadou US$ 8,6 milhões. O longa conta como um multimilionário prestes a ser preso, acusado por sonegação de impostos, recorre a um conhecido para que o ensine como sobreviver atrás das grades.

No quinto lugar dos que mais arrecadaram aparece “Cinderela”, com US$ 7,2 milhões. Conta a história de uma jovem cujo pai morreu de forma inesperada fica à mercê da cruel madrasta e suas filhas, mas sua coragem a incentiva a mudar o destino quando conhece um príncipe no meio da floresta. EFE