“2016 será o meu grande ano aqui”, projeta atacante Rogério no São Paulo

  • Por Agência Estado
  • 26/12/2015 17h08
Rogério fez boas partidas pelo São Paulo em 2015; em 2016

O atacante Rogério chegou ao São Paulo apenas no meio da última temporada, mas soube aproveitar o curto período com a camisa do clube para mostrar que será uma peça importante para a equipe no próximo ano. Desde quando foi contratado junto ao Vitória, da Bahia, no qual foi o artilheiro da equipe em 2015, o atleta disputou 14 jogos e marcou quatro gols, sendo o último deles um golaço no triunfo por 1 a 0 sobre o Goiás, no Serra Dourada, pela rodada final do Campeonato Brasileiro.

O bom começo com a camisa tricolor faz Rogério exibir confiança ao projetar a próxima temporada, na qual o São Paulo voltará a disputar a Libertadores, fruto da conquista da quarta posição do Brasileirão, posto assegurado apenas na rodada derradeira da competição nacional. 

“Espero ter uma sequência de jogos ainda maior no próximo ano. Assim como em 2016, não quero deixar o ritmo cair. Quero conquistar título pelo São Paulo, e tenho certeza de que conseguirei ajudar a equipe, porque 2016 será o meu grande ano aqui. É nisso que eu confio e aposto para seguir trabalhando firme. Estou motivado e com vontade de ajudar os meus companheiros”, afirmou o atleta, em declarações reproduzidas neste sábado pelo site oficial do São Paulo.

No São Paulo desde agosto, após chamar a atenção do técnico Juan Carlos Osorio pela suas boas atuações pelo Vitória, Rogério já estreou bem no triunfo por 2 a 0 sobre o Internacional, em setembro, no Morumbi, e ali já mostrou que seria uma boa opção para o setor ofensivo.

“Minha temporada começou muito forte ainda no Vitória. Lá, fui o artilheiro da equipe no ano e consegui me destacar com boas exibições. O São Paulo reconheceu o meu trabalho e apostou na minha contratação. Não deixei o ritmo cair e consegui fazer boas partidas aqui também. A minha estreia foi emocionante e ver a torcida me apoiar, sem mesmo me conhecer direito, foi marcante”, relembrou o atacante, que em 2016 deverá ter mais espaço no time titular após as saídas de Luis Fabiano e Alexandre Pato.