23 anos sem Senna: 5 vitórias que transformaram o piloto em herói nacional

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2017 19h25
Um dos grandes momentos de Senna na temporada de 1991 foi a vitória no GP do Brasil Reprodução Um dos grandes momentos de Senna na temporada de 1991 foi a vitória no GP do Brasil

Depois do dia 1º de maio de 1994, as manhãs de domingo nunca mais foram as mesmas para os brasileiros, em especial para os apaixonados por automobilismo. Há 23 anos, o Brasil perdeu um dos maiores nomes do esporte: Ayrton Senna da Silva.

Desde então, o dia 1º de maio deixou de ser apenas o Dia do Trabalhador e passou a ser uma data dedicada a homenagens ao tricampeão mundial de Fórmula 1. Seu talento, sua dedicação e seu exemplo dentro e fora das pistas, o transformaram em um herói nacional.

Em 10 anos de carreira na Fórmula 1, Ayrton Senna alcançou números impressionantes, proporcionou momentos inesquecíveis e conquistou corridas sensacionais. A Jovem Pan Online apresenta cinco vitórias marcantes do piloto brasileiro:

GP de Portugal, 1985

Logo em seu segundo ano na Fórmula 1, Ayrton Senna chegou a sua primeira vitória na carreira. A forte chuva que caiu durante a prova, fez com quem apenas nove carros cruzassem a linha de chegada. E o brasileiro deu show. A vitória é tida como uma das maiores exibições de Senna, que abriu uma volta sobre todos os pilotos que completaram a prova, em um carro inferior (Lotus) e ainda com pouca experiência.

GP do Japão, 1988

O primeiro dos três títulos conquistados por Ayrton Senna na Fórmula 1 veio com uma vitória no Japão. O triunfo é considerado por muitos com uma das maiores recuperações de um piloto dentro de uma prova. Logo na largada, o motor de sua Mclaren falhou e ele caiu da 1ª para a 14ª posição.  Mas, na 28ª volta o brasileiro conseguiu retomar a liderança e depois segurou seu companheiro de equipe, Prost, para ficar com a vitória e o título.

GP do Brasil, 1991

Em sua sétima temporada na Fórmula 1, o então bicampeão mundial ainda não havia vencido em casa. E o primeiro triunfo foi dramático. A 20 voltas para o fim da prova, Senna perdeu a quarta marcha de sua McLaren. A sete voltas, ficou apenas com a sexta marcha. Mesmo com todas as dificuldades e todo o desgaste físico, o piloto cruzou a linha de chegada em primeiro para a alegria dos torcedores brasileiros presentes em Interlagos.

GP de Mônaco, 1992

Das 10 provas disputas em Mônaco, Ayrton Senna conquistou seis, transformando o brasileiro em “Rei de Mônaco”. Dos seis triunfos, o mais impressionante aconteceu em 1992, quando largou na terceira posição e foi tomar a liderança somente na volta 70. Faltando oito voltas para o fim, Mansell, com pneus melhores, passou a atacar o brasileiro, que conseguiu segurar o rival nas estreias ruas do principado e venceu por 0.215 milésimos de vantagem.

GP da Europa, 1993

A única vez em que o Circuito de Donington Park, na Inglaterra, recebeu uma prova de F1, o GP da Europa de 1993, a vitória foi conquista por Ayrton Senna. Mas, não foi mais um simples triunfo do brasileiro. Foi uma das vitórias mais marcantes de sua carreira, especialmente pela primeira volta feita pelo piloto. Senna ultrapassou nada menos que quatro carros, embaixo de muita chuva. A volta (e a vitória) se eternizou na memória dos fãs de velocidade.