40º “triple-double”: Westbrook brilha de novo e fica perto de recorde

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/04/2017 10h00

Westbrook está a apenas um triple-double de recorde histórico

Westbrook está a apenas um triple-double de recorde histórico

O Oklahoma City Thunder viu Russell Westbrook brilhar mais uma vez na rodada de domingo da NBA. Em casa, a equipe contou com o sexto “triple-double” consecutivo do astro, mas nem assim conseguiu derrotar o Charlotte Hornets, que levou a melhor por 113 a 101.

Inspirado, Westbrook carregou o Thunder nas costas e deixou a quadra com 40 pontos, 13 rebotes e 10 assistências. Este foi o 40º “triple-double” do astro na temporada, número que o deixa a somente um do recorde de Oscar Robertson, que em 1961/1962 alcançou a incrível marca de 41.

Westbrook também deu mais um passo na busca pelo prêmio de MVP (jogador mais valioso) da temporada, mas o Thunder não vive bom momento. Por mais que esteja classificado para os playoffs, ocupa apenas a sexta colocação na Conferência Oeste e venceu somente duas das últimas cinco partidas. Já os Hornets são os décimos no Leste e ainda brigam pela classificação.

Para vencer fora de casa, a equipe de Charlotte contou com os 29 pontos do armador Kemba Walker, além de 18 do reserva Frank Kaminsky. Pelo Thunder, além de Westbrook, destaque também para o ala/armador Victor Oladipo, autor de 19 pontos.

Outro astro que anotou um “triple-double” na rodada de domingo foi LeBron James. O ala do Cleveland Cavaliers terminou com 41 pontos, 16 rebotes e 11 assistências na suada vitória de sua equipe sobre o Indiana Pacers, por 135 a 130, após duas prorrogações.

O confronto foi um duelo particular de LeBron com Paul George, destaque dos Pacers que terminou com 43 pontos, nove rebotes e nove assistências. Kyrie Irving, com 23 pontos, e Kevin Love, com 20, além de 12 rebotes, também contribuíram para a 49ª vitória dos vice-líderes do Leste. Esta foi a 40ª derrota do time de Indiana, que é o nono da conferência e ainda sonha com os playoffs.

À frente dos Cavaliers, com um triunfo a mais, está o Boston Celtics, que venceu o New York Knicks no domingo por 110 a 94, mesmo fora de casa. Isaiah Thomas, com 19 pontos, foi o destaque da equipe, enquanto Courtney Lee marcou 16 e foi o cestinha do combalido time nova-iorquino, apenas 12.º do Leste.

No Oeste, a liderança continua tranquila nas mãos do Golden State Warriors. No domingo, a equipe californiana recebeu o Washington Wizards e não teve maiores dificuldades para vencer pela 63ª vez na temporada, por 139 a 115, com atuação de gala de Stephen Curry, autor de 42 pontos.

Klay Thompson ainda marcou 23 pontos e também foi fundamental para o resultado. Pelo lado dos Wizards, que perdeu pela 31ª vez e é o quarto do Leste, destaque para os 20 pontos de Bradley Beal e do reserva Bojan Bogdanovic. John Wall terminou com um “double-double”, com 15 pontos e 11 assistências.

Logo atrás dos Warriors, com 59 triunfos, está o San Antonio Spurs, que suou para derrotar o Utah Jazz no domingo por 109 a 103, em casa. Kawhi Leonard marcou 25 pontos e foi mais uma vez o destaque dos texanos. Pior para o Jazz, que perdeu pela 30.ª vez e segue na quarta colocação do Oeste.

Na terceira posição está o Houston Rockets, que derrotou o Phoenix Suns no domingo mesmo sem contar com seu astro James Harden. Patrick Beverley marcou 26 pontos e foi o destaque do time texano no triunfo por 123 a 116, fora de casa. O brasileiro Nenê saiu do banco para ter uma outra boa partida, terminando com 17 pontos e cinco rebotes.

A NBA terá apenas uma partida disputada nesta segunda-feira, o confronto entre Minnesota Timberwolves e Portland Trail Blazers, reagendado do dia 6 de março por causa das más condições da quadra em Minneapolis. Como de costume, a liga não tinha partidas marcadas para a data da decisão da NCAA, o campeonato universitário de basquete, entre North Carolina e Gonzaga.