Adam Johnson é condenado por abuso sexual contra menores e pode ir preso

  • Por Agência EFE
  • 02/03/2016 16h27
Adam Johnson estava desde 2012 no Sunderland e já passou pela seleção inglesa

O meia inglês Adam Johnson, ex-Manchester City e Sunderland, foi declarado culpado de uma das duas acusações de abuso sexual contra menores de idade, e com isso pode ser condenado de cinco a dez anos de prisão.

O atleta, de 28 anos, que ouviu a sentença acompanhado da mulher, disse no julgamento ter se encontrado com a adolescente que a acusa, então com 15 anos, e a beijado, mas negou a realização de qualquer ato sexual.

“O acusado deve compreender que existe uma grande possibilidade de que tenha que cumprir pena de prisão significativa”, disse o juiz Jonathan Rose, do tribunal de Bradford.

A vítima afirmou que, em 30 de janeiro deste ano, após encontrá-la para autografar camisas, mas que, já dentro do veículo do jogador, ele a tocou nas partes íntimas e ela, posteriormente, praticou sexo oral.

Johnson foi demitido pelo Sunderland, que pagou 10 milhões de libras (R$ 54,9 milhões) para contratá-lo junto ao Manchester City, em 2012, um dia depois da admissão do encontro com a adolescente.