Adriano: “Neymar esteve mais preocupado com lesão do que com sua contratação”

  • Por Agencia EFE
  • 28/02/2014 10h03
Adriano sonha com convocação para Seleção

O lateral do Barcelona Adriano afirmou nesta sexta-feira que seu compatriota Neymar “estava mais preocupado com sua lesão do que com as coisas que saíram sobre sua contratação”, por isso que não acredita que o rendimento do atacante possa ser afetado por questões fora de campo.

“Ele só pensa em estar 100% para ajudar a equipe nesse lance final da temporada. E nós vamos precisar”, acrescentou Adriano, que lembrou que a personalidade de Neymar ajuda a se isolar de todo o barulho midiático em torno de sua transferência. “Ele está sempre feliz”.

O lateral brasileiro disse que a equipe “quer” jogar no domingo “para virar página” da derrota em Anoeta e conseguir os três pontos perante o Almería. E sabe que esta é uma semana chave, porque no clássico madrilenho um ou os dois rivais diretos do Barça “terão que perder pontos”.

Adriano minimizou a importância das críticas pelo mal desempenho do time contra o Real Sociedad. “Desde que cheguei, sempre houve críticas. Isto é o Barcelona e temos que viver com elas”.

Blindar o vestiário e deixar que a direção defenda os interesses do clube é a receita de Adriano para que o elenco não seja afetado com o barulho.

“Devemos nos unir, nos concentrar e jogar futebol e não deixar que estas coisas nos tirem a confiança”, disse Adriano, que minimizou a importância das fotos que alguns jogadores postaram nas redes sociais durante os dois dias de descanso que tiveram após perder da Real Sociedad.

“Eu, por exemplo, fui para Andorra, na neve. Mas isso não quer dizer que não estivesse sentido pela derrota, pelo contrário. Eu quis aproveitar com a minha família para esfriar a cabeça”, argumentou .

Por fim, o lateral brasileiro expressou seu desejo de poder jogar o próximo Mundial, apesar de quase não ter sido convocado pelo técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari.

“Sei que é muito difícil voltar a ser convocado porque há muitos bons concorrentes, mas pelas últimas convocações, vejo que Felipão tem dúvidas nesta posição (a de lateral esquerdo). Tenho essa esperança, mas se não for, seguirei trabalhando da mesma forma e serei um torcedor a mais, apoiando desde fora para que o Brasil seja campeão do mundo”, disse.