Agüero fura retranca uruguaia, Argentina vence a primeira e embola o Grupo B

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2015 22h31
Aguero testou firme para fazer de cabeça o gol da vitória da Argentina

Um típico clássico sul-americano, cheio de rivalidade, entradas duras, discussões e emoção no final. Assim foi o esperado confronto entre Argentina e Uruguai nesta quarta-feira (16) pelo Grupo B da Copa América. Os Hermanos venceram por 1 a 0 com gol de Agüero no segundo tempo, mas tiveram de se segurar a pressão do rival em minutos finais dramático no estádio La Serena.

A Argentina dominou a posse de bola e ocupou o campo de ataque desde os primeiros minutos. O Uruguai, recuado, mostrou muita disposição para marcar e também para chegar duro quando necessário. A aposta da Celeste era anular os valores individuais do rival e chegar pelo alto. Quase deu certo aos 21 minutos, quando Godín cabeceou após escanteio e mandou perto da trave direita. A resposta veio na mesma moeda em bela jogada de Messi, que colocou a bola na cabeça de Agüero. Muslera apareceu bem para evitar o gol.

Se em chances de gol a partida não mostrava muito, não faltava disposição para lutar por cada jogada. Até o técnico argentino Tata Martino entrou no clima, reclamou muito em falta de Lodeiro e foi expulso pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci. Ao fim da primeira etapa, houve discussões mais exaltadas e chegadas duras, daquele jeito típico do futebol argentino e uruguaio.

Depois do intervalo, o Uruguai tentou surpreender logo no primeiro lance em chute cruzado de Maxi Pereira que obrigou Romero a espalmar. No entanto, o panorama logo voltou a se parecer com o da etapa anterior, com domínio argentino e sem grandes chances de gol. Isso até os 11 minutos, quando Pastore fez bela jogada e serviu Zabaleta, que cruzou no primeiro pau para Agüero, de peixinho, cabecear firme e abrir o placar.

A Celeste Olímpica ficou em dificuldades, uma vez que o ataque não é seu ponto forte, ainda mais sem o suspenso Luis Suárez. Entretanto, a equipe foi à frente no desespero nos minutos finais e deu emoção à partida. Em novo chute cruzado de Maxi Pereira, Romero espalmou para a área onde Rolán mandou por cima com o gol aberto, perdendo uma chance incrível de empatar. Depois, Álvaro González encheu a bomba de longe e quase acertou o ângulo da meta argentina. A resposta veio em batida de Messi na grande área que Muslera espalmou para escanteio.

A partida ficou emocionante no final, com o Uruguai tentando empatar a todo custo e a Argentina buscando uma chance de matar o jogo no contra-ataque. Na melhor oportunidade, Abel Hernández bateu de primeira dentro da área e Romero fez defesa espetacular para garantir a vitória argentina.

Com o resultado, a Argentina venceu pela primeira vez na Copa América 2015 e igualou o Paraguai na liderança do Grupo B com quatro pontos. Já o Uruguai ficou em terceiro, com três pontos, e disputará, diante dos paraguaios no sábado (20), a sobrevivência no torneio. Já o time de Messi pega a Jamaica no mesmo dia.