Alberto Valentim diz compreender vaias e mira grande jogo contra Grêmio

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2014 16h57

O técnico interino do PalmeirasAlberto Valentim

Na última quarta-feira (28), o Palmeiras sofreu sua quarta derrota no Campeonato Brasileiro ao perder para o Botafogo, em Presidente Prudente (SP), pelo placar de 2 a 0. O jogo foi realizado logo depois do transtorno que a equipe passou na cidade de Chapecó (SC), quando demorou para retornar a São Paulo por conta do mau tempo. Apesar disso, o técnico interino Alberto Valentim não crê que o resultado negativo tenha a ver com isso.

“Recuperamos bem a questão física, o nosso time correu muito. Estávamos melhores na partida até tomarmos o gol, depois teve a expulsão do Wesley que igualou o jogo. Tivemos posse de bola, procuramos pressionar com um jogador a menos, mas não fizemos o gol. No final, já nos acréscimos, tentamos empatar o jogo com a bola parada e tomamos o segundo gol”, disse o comandante alviverde.

Após o revés, os jogadores do clube de Palestra Itália foram bastante vaiados pela torcida, mas Valentim disse compreender a reação: “quando perde em casa, o torcedor reage dessa forma. Temos de fazer as coisas com tranquilidade. Temos de fechar as posições, ter um elenco forte e encorpado para o Brasileiro. Estamos vivos na Copa do Brasil. E qualquer jogador que vier será bem-vindo para nos ajudar”.

O próximo compromisso do Palmeiras será neste domingo (1), às 16h (de Brasília), quando a equipe mede forças com o Grêmio, fora de casa. E Alberto Valentim espera uma pronta recuperação antes da pausa para a Copa do Mundo.

“Ficamos com gosto amargo pela nossa apresentação até o meio do segundo tempo. Bola para frente, não muda nada daquilo que acreditamos. Dormiremos com essa derrota amarga, mas amanhã (quinta-feira) já recomeça a nossa caminhada. Faremos um grande jogo contra o Grêmio porque aqui é um time de reação e forte. Lutaremos para fecharmos essa etapa antes da Copa com uma vitória”, finalizou.