Além de Pokémon Go: Cinco coisas que os atletas podem fazer no Rio de Janeiro

  • Por Adriano Sarafim/Jovem Pan
  • 04/08/2016 14h23
Pokémon Go logo

Pokémon Go chegou ao Brasil na última quarta-feira (3) e acabou com a crise de abstinência de muitas delegações dos países que participam do Jogos Olímpicos Rio 2016, que estavam reclamando pelo aplicativo ainda não estar disponível no país.

Mas mesmo que o game da Niantic seja viciante, seria um pecado as delegações de todo o mundo viajarem para o Rio de Janeiro e não aproveitarem as belezas e ações que a “Cidade Maravilhosa” oferece.

O Jovem Pan Online separou cinco coisas que os atletas podem fazer pela capital carioca, além de brincar de ser um treinador de Pokémon.

Confira abaixo:

Aproveitar as praias cariocas

As praias cariocas provavelmente são o maior atrativo para os turistas que viajam para o Rio de Janeiro. Com um clima mais ameno no inverno, os atletas podem se bronzear sem se preocupar muito com passar do ponto e virar um verdadeiro camarão. Além disso, encontrar homens e mulheres bonitos para dar aquela flertada é sempre uma boa possibilidade.

Conhecer o Cristo Redentor

O cartão postal do Rio de Janeiro é o Cristo Redentor. O monumento sempre atrai uma grande quantidade de turistas que sobem o Corcovado para poder registrar o momento. Além de posar com Jesus Cristo, os atletas também terão uma vista maravilhosa de toda a cidade carioca.

Visitar comunidades carentes

Com uma grande visibilidade na imprensa mundial, alguns atletas como Usain Bolt aproveitaram para fazer ações em comunidades carentes do Rio de Janeiro. Além de fazer a alegria das crianças, os “gringos” incentivam os futuros esportistas a trabalharem duro para se tornarem campeões na vida.

Caçar Pokémon no Tinder 😉

Um dos assuntos mais comentados nos últimos dias é a grande quantidade de atletas que estão presentes no aplicativo de relacionamento “Tinder”. Nada melhor do que conhecer melhor a culturas de outras nações através de um encontro casual, não é mesmo?

Aproveitar o grande estoque de camisinhas

A competição pode ser muito estressante para muitos atletas e a organização do Rio 2016 disponibilizou nada menos do que 450 mil preservativos para relações sexuais dentro da Vila Olímpica. Que tal parar de jogar Pokémon Go um pouco, utilizar a dica do Tinder e completar com o incentivo da organização?