Alonso aciona advogados após ter nome incluído em lista de fraudadores

  • Por Agência EFE
  • 09/02/2015 18h11

O espanhol Fernando Alonso terá que ter calma até parceria da McLaren com a Honda engrenar

Espanhol Fernando Alonso

O piloto espanhol Fernando Alonso, bicampeão do mundo de Fórmula 1, informou nesta segunda-feira à Agência Efe que ordenou “a interposição de vários processos por infração de seu direito à honra” após seu nome aparecer na chamada Lista Falciani.

O nome de Alonso aparece vinculado em notícias de diferentes meios de comunicação à Lista Falciani, vazada pelo técnico em informática franco-italiano Hervé Falciani e que inclui 100.000 clientes da filial suíça do banco britânico HSBC com contas não declaradas.

Aparentemente, os nomes de 4.000 pessoas relacionadas com a Espanha aparecem na lista do HSBC que, por meio de Falciani, chegou ao poder das autoridades francesas em 2009 e que foi revelada nas últimas horas.

Segundo o comunicado enviado à Efe por Alonso, o bicampeão mundial ordenou a seus advogados “a imediata e urgente interposição de vários processos por infração de seu direito à honra”.

De acordo com a nota, os processos serão direcionados “a diferentes meios de comunicação como consequência da publicação de informações na qual se vincula sua imagem com a comissão de eventuais delitos fiscais e à posse de patrimônios não declarados às autoridades fiscais competentes”.