Alonso não projeta vitória para Ferrari até fim de 2014: “um pouco irrealista”

  • Por Jovem Pan
  • 21/08/2014 15h14
Espanhol Fernando Alonso após treino classificatório

A Ferrari não vem vivendo um momento próspero na Fórmula 1 e, atualmente, está na terceira colocação no Mundial de Construtores. Os pilotos da equipe também não estão muito bem, já que Fernando Alonso é o quarto colocado no Mundial de Pilotos, com 115 pontos, e o finlandês Kimi Raikkonen está na 12ª posição, com 27 pontos.

Alonso também não prevê uma vida muito fácil para a escuderia italiana nas próximas duas provas do campeonato, na Bélgica (Spa-Francorchamps) e na Itália (Monza). Para o espanhol, a Williams, concorrente da Ferrari pela terceira colocação no Mundial de Construtores, tem mais chances de se dar bem nessas corridas.

Ao ser perguntado, durante o evento de um patrocinador, se há esperanças de a Ferrari vencer uma prova antes do final da temporada, o piloto teve um discurso bastante realista.

“Honestamente, eu acho que nossa meta tem que ser mais baixa. Temos que lutar pela melhor posição possível no Mundial de Construtores. Mas é uma grande, uma dura competição com o Williams”, declarou Alonso. “As próximas duas corridas são muito boas para eles, então esperamos ter finais de semanas complicados neste momento aqui (na Bélgica) e em Monza, e precisamos lidar com isso”, prosseguiu.

No momento, a Ferrari está com sete pontos de vantagem em relação a Williams na briga pela terceira colocação no Mundial. São 142 pontos contra 135 da equipe rival.

“Nós precisamos limitar os danos nas próximas duas corridas em termos de pontos, e depois atacar na parte final (da temporada). Acho que uma vitória neste ano é um pouco irrealista”, finalizou Alonso.