Alvo do Timão, Leandro é apresentado no Palmeiras: “lugar que escolhi”

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2015 12h33
SÃO PAULO, SP, 12.01.2015: FUTEBOL-PALMEIRAS - Apresentação do atacante Leandro Pereira no Palmeiras, no CT Academia de Futebol na Barra Funda na zona oeste de São Paulo (SP), na manhã desta segunda-feira (12). (Foto: Daniel Vorley/Agif/Folhapress)Palmeiras apresenta oficialmente Leandro

O Palmeiras apresentou oficialmente, nesta segunda-feira (12), mais um reforço para a temporada 2015. O atacante Leandro, logo em suas primeiras palavras com a camisa alviverde, teve que desmentir que acertou com o arquirrival Corinthians. O ex-atleta da Chapecoense negou que o alviverde teria “atravessado” o rival como no caso de Dudu e disse estar focado para fazer sucesso no Verdão, já se espelhando em ídolos como Edmundo. 

Logo no início de sua entrevista coletiva, o atacante foi só elogios ao Palmeiras. “Dispensa comentários, é um clube excelente, de grandeza, tradição. Não poderia me dar ao luxo de recusar a proposta excelente. O projeto é muito bom, espero honrar essa camisa muito grande e dar muitas alegrias aos torcedores. “Procuro trabalhar para tudo acontecer, para ter sucesso precisa trabalhar. Na Chapecoense eu fiz isso e pude conseguir meu espaço”, afirmou. 

Leandro assinou contrato de cinco anos com o Verdão e usará a camisa 17. Antes especulado no rival, o atacante desmentiu que tenha existido algum acerto antes do Palmeiras. “Nunca estive acertado com o Corinthians. Houve conversas, mas nunca assinei e nem tive nada apalavrado. Estou feliz e em casa no Palmeiras, é o lugar que escolhi e foi a escolha certa”, garantiu.

Questionado se, como no “caso Dudu”, o Palmeiras teria atravessado as negociações e superado o rival, Leandro se esquivou de polêmicas. “Palmeiras não atravessou porque não tinha nada acertado com o Corinthians. Apenas houve conversas, mas nada certo. Não tinha nada com o Corinthians. Palmeiras é o meu lugar e espero fazer meu trabalho bem”, reiterou o atleta de x anos, que elogiou a chegada do ex-gremista e projetou títulos para o clube em 2015.

O novo nome do ataque palmeirense rejeitou realizar uma projeção de quantos gols pretende anotar em 2015, mas disse que está se espelhando em nomes de sucesso da história alviverde. “Quando está em clube grande, os gols são importantes, mas precisa de muita raça, entrega, como tiveram jogadores como o Edmundo. A torcida está acostumada com esse tipo de jogador, finalizou.