Anderson Silva se retrata após publicação e nega provocação a Vitor Belfort

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2015 20h01

O brasileiro Anderson Silva deu explicações após publicar vídeo polêmico no Instagram

Anderson Silva

Depois de publicar um vídeo que gerou polêmica na internet, logo depois da derrota de Vitor Belfort para Chris Weidman, no UFC 187, Anderson Silva postou uma mensagem em seu Instagram oficial, neste domingo (24), e negou que estivesse tentando atingir seu compatriota de alguma forma.

No vídeo divulgado na rede social, o Spider aparece treinando a mesma posição na qual Belfort acabou perdendo para o americano, em luta que valia o cinturão dos pesos médios do UFC. Porém, depois do agito causado pela publicação, o ex-campeão da categoria prestou esclarecimento.

“Galera, bom dia! Não tô fazendo mal e nem falando de ninguém, eu posso postar o que eu quiser na minha rede social. Pra falar a verdade, eu nem assisto as lutas do UFC, exceto quando estou me preparando para lutar ou quando algum irmão de treino vai lutar”, escreveu Anderson Silva.

No combate do último sábado (23), Vitor Belfort acabou sendo derrotado por nocaute técnico ainda no primeiro round, depois que Chris Weidman fez uso do ‘ground and pound’ para golpear o brasileiro diversas vezes e se manter com o cinturão.

Confira, na íntegra, a declaração divulgada por Anderson Silva:

“Galera, bom dia! Não tô fazendo mal e nem falando de ninguém, eu posso postar o que eu quiser na minha rede social. Pra falar a verdade, eu nem assisto as lutas do UFC, exceto quando estou me preparando para lutar ou quando algum irmão de treino vai lutar.

Então acho que tem muito equivocado falando besteira, garanto que a maioria que vem aqui criticar nunca foi bem sucedido em nada na vida e, se foi, não é feliz. Nunca falei nada, mas tem uma minoria que acusa, critica e que talvez não tenha noção do que é o esporte MMA. Se os entendidos que tão falando um monte de bobagem fizerem uma busca rápida em minhas entrevistas, vão ver que sempre falei que o cinturão era um patrimônio brasileiro e que, independentemente de com quem estivesse, estando aqui no Brasil eu estaria feliz.

Vou repetir: eu não vi a luta e, se vocês querem saber se eu estava torcendo para o Vitor, é claro que sim, pois ele estava lá representando o Brasil, então, por favor, parem de falar besteira. Quanto ao meu caso de doping estou aguardando a comissão e meus advogados. Não sou trapaceiro e nunca tive corpo de bombado na dúvida é só olhar minhas lutas no Japão, quando eu lutava de 80kg no Pride pois não existia a categoria de 84kg e eu lutava com os caras que baixavam de 100kg pra 94kg então para os entendidos aqui, vão buscar fatos reais. Peço desculpas aos meus seguidores e aos meus fãs que me dão força e que fazem criticas na intenção de me ajudar e não de me colocar para baixo, pois não quero que pensem que estou sendo grosso com vocês. Estou apenas cansado de ouvir mentiras e falsas acusações. Não vivo em uma redoma de vidro, não sou santo e nunca me intitulei o melhor, sempre fiz o que amo com verdade sem ofuscar e sem mentir para ninguém e infelizmente não posso agradar a todos, pois não sou e nem quero ser unanimidade. Um ótimo domingo pra todos”.