Andrés Sanchez rebate Kalil e Levir e cutuca: “Corinthians incomoda hipócritas”

  • Por Lancepress
  • 04/09/2015 21h46
SÃO PAULO, SP, 04.09.2015: FUTEBOL-CORINTHIANS - Andrés Sanchez durante coletiva de imprensa após treino do Corinthians realizado no CT Dr. Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê, na zona leste de São Paulo (SP). O Corinthians enfrenta o Palmeiras, domingo (6), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. (Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress)O Sanchez lembrou das oitavas de final da Libertadores de 2013

Andrés Sanchez, ex-presidente e atual superintendente de futebol do Corinthians, “substituiu” o técnico Tite na bancada da sala de imprensa do CT Joaquim Grava nesta sexta-feira. O dirigente pediu a palavra para responder as reclamações sobre arbitragem de dirigentes rivais, torcedores e jornalistas, que citaram erros que favoreceram os corintianos nas últimas rodadas.

O ex-presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, disse que o Timão não estaria sete pontos à frente na tabela se não fossem os últimos episódios. Já o atual treinador do Galo, Levir Culpi, disse que o Brasileirão de 2015 já está manchado pelos erros dos árbitros.

“Alguém tem dúvida de que o Corinthians foi prejudicado em 2013? Será que foi porque o Kalil ia no jatinho da CBF toda semana para a Conmebol? Se for isso, tem de parar o futebol. Todo mundo é prejudicado”, afirmou Sanchez.

“Não ponho a mão no fogo nem pelo meu filho. Mas, até que provem o contrário, eu acredito. O que não pode é as pessoas insinuarem esquema. Somos zebra, Corinthians está com sete pontos na frente, mas é zebra. Há dois meses estava quebrado, se desmanchando… Acho o Levir um dos melhores treinadores do Brasil, grande pessoa, mas não pode insinuar que o campeonato está manchado. Se daqui a algumas rodadas o Atlético-MG for campeão, ainda vão dizer que está manchado? Absurdo dizer isso. O Mineiro foi manchado também? Perguntem ao torcedor da Caldense”, contestou o dirigente corintiano.

Questionado sobre a nota que daria para a arbitragem do futebol brasileiro, Andrés Sanchez falou “sete”, na escala de 0 a 10. Ele ainda citou o pênalti marcado para o Santos no duelo contra a Chapecoense, nesta quinta-feira, e afirmou que o Corinthians incomoda. 

“Espero que o juiz seja feliz domingo (no clássico Palmeiras x Corinthians). Se errar, errou. Ontem (quinta-feira) teve pênalti do Santos que foi um assopro, o cara caiu e o juiz deu. Ser grande tem seu custo. O Corinthians se organizou, tem uma das maiores marcas da América Latina, fez estádio, CT… Isso incomoda alguns hipócritas”, disparou.