Andrés Sanchez revela que pode renovar com Pato se ele “arrebentar”

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2016 16h17
TREINO CORINTHIANS 08.07.2016 Foto: Rodrigo GazzanelPato retornou ao Corinthians após passagem pelo Chelsea

Andrés Sanchez, em sua gestão como presidente do Corinthians, trouxe ao clube o Alexandre Pato por R$ 40 milhões, porém o negócio não foi tão produtivo quanto se esperava pelo time. Dois empréstimos depois, o atacante volta ao Corinthians e, segundo afirmado pelo próprio Andrés em entrevista a Jovem Pan neste domingo, deve ser aproveitado e, se render e aceitar os valores propostos, renovar com o clube.

Segundo o dirigente, Pato foi emprestado por desejo do Mano e Tite, que não desejavam contar com o jogador, mas o fato não deve se repetir agora com Cristóvão Borges: “na época o Tite não queria o Pato, hoje o Cristóvão quer. Se o Cristóvão não quisesse, o Pato ia treinar, treinar, treinar e ir embora. Não ia ser emprestado de novo”, afirmou Andrés, que acrescentou ainda que acredita que o atacante finalmente vai render aquilo que se espera dele:

“Eu conhecendo jogador de futebol como vocês conhecem, vocês vão ver que o Pato vai arrebentar nesses seis meses e depois bye bye. Ele é o melhor jogador brasileiro em atividade por aqui, e ele sabe disso, mas ele tem as expectativas dele: ele quer jogar na Europa”, disse o dirigente.

Pato atualmente recebe R$ 800 mil do Corinthians, um salário alto para os padrões do atual futebol brasileiro. Caso Pato venha mesmo a jogar bem, o Corinthians pode apresentar uma proposta de renovação, porém com valores inferiores, conforme declarou o ex-presidente:

“Se ele quiser reduzir podemos conversar. O Pato vai arrebentar, sele não quiser renovar com o Corinthians pelo valor que o Corinthians assim o desejar ele tem o direito de ir para onde ele quiser. A gente vai cumprir os contratos, contrato diz isso e a gente tem que aceitar”, afirmou Andrés.