Antes de final, argentino diz que é um privilégio enfrentar Ronaldinho Gaúcho

  • Por Agencia EFE
  • 25/05/2015 23h03

O argentino Diego Hernán González, atacante do Santos Laguna, afirmou nesta segunda-feira que é sempre um privilégio enfrentar e dividir o campo com um jogador como Ronaldinho Gaúcho, do Querétaro.

Santos Laguna e Querétaro disputarão, na quinta-feira e no domingo, a final do Torneio Clausura do Campeonato Mexicano.

“Para todos os jogadores é um privilégio estar em um campo e jogar, por mais que seja um rival, contra um jogador das características de Ronaldinho Gaúcho”, disse González em entrevista coletiva.

O argentino, que chegou ao futebol mexicano para este torneio, lembrou que já enfrentou Ronaldinho Gaúcho quando ele defendia Flamengo e Atlético Mineiro.

“Agora é a vez do Querétaro. É um grande jogador, de nível mundial, que conseguiu grandes coisas, mas eu quero ganhar e conquistar o título”, ressaltou.