Antônio Carlos pede semana de “reflexão” para São Paulo antes de encarar CSA

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2014 09h47
São Paulo FC/Divulgação Antônio Carlos quer são paulo mais consciente no restante da temporada 2014

O São Paulo tenta a todos os custos apagar a vexatória eliminação para o Penapolense, dentro de casa, pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista. O zagueiro Antônio Carlos, um dos principais nomes do elenco, pediu que o Tricolor aproveite o período sem partidas oficiais para “refletir” e evitar que outra derrota improvável aconteça. Ele também garantiu que pensa em renovar o vínculo com o clube [contrato atual vai até o final de 2014] e elogiou as “peças de reposição” do elenco são-paulino.

Se preparando para enfrentar o CSA, pela partida de volta da primeira fase da Copa do Brasil, Antônio Carlos quer que a equipe utilize mais a força de seu domínio. “Sabemos que dentro de casa temos que ser forte e conseguir o resultado. Precisamos voltar a ganhar, mesmo que tenhamos uma pequena vantagem pelo jogo da ida”. Com qualquer empate, Tricolor avança na competição.

O zagueiro lamentou o grande tempo “ocioso” do clube, após a eliminação precoce no estadual e admitiu não ter esquecido ainda a derrota nos pênaltis para o modesto Penapolense. “É ruim, com certeza. Reclamamos de quarta e domingo, mas quando ficamos sem jogar uma semana inteira é ruim também. Precisamos aproveitar a semana de treinamentos e amistosos. Ficamos triste de estar de fora, mas infelizmente é assim que funciona. A eliminação é um jogo que até hoje tenho procurar os motivos da nossa eliminação”, disse.

Além dos treinamentos físicos e táticos, Antônio Carlos espera que o grupo melhore no aspecto psicológico também. “Precisamos pensar no que faremos daqui pra frente, porque o Campeonato Paulista já passou. Tomara que a gente possa ter essa semana de treinos e reflexão para que isso não volte a acontecer [eliminação precoce]”, pediu.

Depois de encarar o CSA pela Copa do Brasil, o Tricolor estreia diante do Botafogo no Campeonato Brasileiro, competição de “tiro longo”, que exige mais do elenco. Antônio Carlos demonstrou confiança na força do grupo são-paulino. “Acho que temos bastante peças de reposição. Temos um bom grupo. No Campeonato Brasileiro, o elenco será mais testado”, assegurou.

Com contrato até o final de 2014, o zagueiro sabe que terá que esperar passar as eleições presidenciais [que serão realizadas no dia 16 de abril] para discutir sua renovação. “Estou tranquilo, meu contrato vai até o final do ano e já houve uma conversa inicial. É que agora o foco está na presidência e tudo isso que vai mudar, vamos esperar um pouco. Estou feliz aqui, quero continuar jogando e continuar bem até o final do ano”, finalizou.