Apesar da derrota, Bósnia destaca boa estreia no primeiro jogo em Copas

  • Por EFE
  • 15/06/2014 23h14
Bosnia-Hercegovina's goalkeeper Asmir Begovic (back) fails to stop a goal during a Group F football match between Argentina and Bosnia-Hercegovina at the Maracana Stadium in Rio De Janeiro during the 2014 FIFA World Cup on June 15, 2014. AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBAConfira as emoções de Argentina x Bósnia pelo Grupo F

Os jogadores da seleção da Bósnia, que participa de sua primeira Copa do Mundo, não se abateram após a derrota por 2 a 1 diante da Argentina neste domingo, no Maracanã, em partida válida pelo grupo F, e disseram que ainda acreditam na classificação para próxima fase da competição.

—realted—“Era nosso primeiro jogo em uma Copa do Mundo e estávamos nervosos. Essa era uma partida para aprendermos. Com certeza seremos melhores no próximo jogo. As chances para a segunda fase são boas, as equipes não têm tanta qualidade quanto a Argentina, e se jogarmos um pouco melhor, as chances serão grandes”, disse Vedad Ibisevic, autor do gol da seleção da Bósnia.

O jogador, que entrou no segundo tempo e teve um bom desempenho, comentou a sensação de marcar o primeiro gol de seu país em uma Copa do Mundo.

“É uma sensação maravilhosa. É especial porque tudo é especial. É uma Copa do Mundo, é no Brasil. A gente perdeu, mas continua sendo grandioso. Quando eu estava aquecendo para entrar em campo, ouvi os brasileiros torcendo por nós. Foi muito legal contar com o apoio desses torcedores”, contou.

Apesar de ter tomado o primeiro gol logo no início do jogo, o time da Bósnia teve algumas chances para empatar o jogo e de acordo com Ibisevic, só não igualou o marcador por conta do nervosismo.

“No começo os jogadores estavam muito nervosos por ser o primeiro jogo em Copas do Mundo, e logo tomamos o gol. O importante é que não nos abatemos e temos que aprender com esse jogo para fazer melhor nos próximos”.

O meia Miralem Pjanic, um dos principais nomes do time, também acredita na classificação da equipe para a próxima fase.

“A gente pode jogar melhor que isso. É óbvio que era nosso primeiro jogo em Copa, estávamos nervosos, jogamos contra uma das favoritas para ganhar a competição e mesmo assim poderíamos ter vencido. Podemos nos classificar”, disse o jogador.

Já o reserva Haris Medunjanin, que atua na Turquia, disse que todos acreditavam em uma goleada argentina e que o time soube cadenciar o jogo.

“Todos achavam que seria 3 a 0, 4 a 0, mas a gente conseguiu jogar bem, chegamos bastante no gol. A gente tentou, mas o placar continuava o mesmo. Ainda assim, acho que as pessoas em nosso país estão orgulhosas e felizes por nossos desempenho”, disse.