Apesar de vitórias fáceis, Nadal garante que testes no Rio Open “são reais”

  • Por Agencia EFE
  • 22/02/2014 00h02
EFE Nº 1 do mundo

Número 1 do mundo, o espanhol Rafael Nadal ainda não encontrou dificuldades no Rio Open de tênis, e nesta sexta-feira se classificou para as semifinais batendo o português João Sousa por 6-1 e 6-0, mas mesmo assim valorizou o torneio e os testes para sua parte física após três semanas se recuperando de problemas nas costas.

“Estamos em um torneio ATP 500, um dos torneios importantes que há no circuito, depois dos Grand Slams e dos Masters 1000. Não podemos disputar muitos desses torneios no ano. Valorizo cada um desses torneios, e os testes sempre são reais”, enalteceu o melhor tenista da atualidade.

Nadal acredita que a pouca duração da partida desta sexta – apenas 1h16min – se deveu à evolução que vem conseguindo com o passar dos jogos no Rio de Janeiro.

“Fiz um jogo muito completo hoje, foi minha melhor partida no torneio. Fiz coisas boas que não vinha conseguindo fazer, joguei melhor, com mais agressividade e intensidade. Nos outros jogos, vinha sendo um pouco mais passivo, esperando para ver o que acontecia”, comentou.