Após 22 anos trabalhando no São Paulo, Milton Cruz é demitido pela diretoria

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2016 18h15
Segundo Milton Cruz

A passagem de Milton Cruz pelo São Paulo, que já durava 22 anos, foi encerrada nesta quinta-feira (24). Desde 1994 no clube, o ex-coordenador técnico foi demitido pela diretoria, que já o havia mudado de setor meses atrás.

Apesar de ter sido coordenador técnico durante a maior parte do tempo, Milton Cruz foi técnico do Tricolor em diversas oportunidades, especialmente quando um treinador era demitido e outro não havia sido contratado.

Sua situação no clube, no entanto, piorou durante o fim da gestão de Carlos Miguel Aidar e o início do comando de Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, na presidência. Ele logo foi realocado e assumiu o departamento de análise de desempenho, ficando mais longe do trabalho no campo, o que foi visto por muitos como um sinal de seu desgaste no Morumbi.

Outro sinal desse desgaste foi uma crítica feita por um assessor da presidência no Facebook. “Erva daninha deve ser cortada pela raiz… Michel Bastos e Milton Cruz fazem mal ao ambiente do clube”, escreveu o assessor em fevereiro.

Apesar de ter trabalhado como técnico interino, Milton nunca teve uma chance como treinador fixo. Recentemente, em entrevista à Rádio Jovem Pan, ele desmentiu aqueles que acreditavam que isso não aconteceu por sua vontade. Segundo o ex-coordenador, a diretoria tricolor nunca confiou em seu trabalho para lhe colocar no cargo.