Após apresentar melhora, Lais Souza deixa UTI de hospital em Miami

  • Por Jovem Pan
  • 20/02/2014 17h36

Laís Souza tentava uma vaga nas Olimpíadas de Inverno

Laís Souza tentava uma vaga nas Olimpíadas de Inverno

A esquiadora Lais Souza deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Jackson Memorial, na Universidade de Miami, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (20). Quinze dias após ser internada no local, a brasileira agora foi transferida para a Unidade Semi Intensiva da instituição depois de apresentar evolução em seu quadro clínico.

Segundo o médico do Time Brasil da Confederação Olímpica Brasileira (COB), Antonio Marttos Júnior, a ex-ginasta já consegue respirar sem a ajuda de aparelhos mecânicos.

“A primeira grande vitoria é ela conseguir respirar sozinha. A Lais ainda tem uma traqueostomia conectada a oxigênio, mas está conseguindo respirar sem se cansar”, revelou o médico.

O próximo passo do tratamento, de acordo com Marttos, é fazer a manutenção da capacidade respiratória e da recuperação hemodinâmica (circulação sanguínea). “Nessa nova etapa do tratamento, vamos dar ênfase à manutenção dessa capacidade e à recuperação da parte hemodinâmica. Ela tem uma pequena válvula acoplada à traqueostomia, que permite a ela falar normalmente”, contou.

Apesar das dificuldades, o doutor do COB afirma que Lais surpreende a todos com a sua força de vontade e otimismo em sua melhora. “Ela (Lais) surpreende e emociona toda a equipe de saúde diariamente, com sua determinação e pensamento positivo. Lais é a paciente mais forte que eu já tratei”, afirmou Marttos.

Ainda não existe previsão de alta da atleta. Lais continuará nos Estados Unidos até reunir condições de ser transportada para o Brasil sem correr riscos.

No dia 27 de janeiro, em sua preparação para a disputa da prova de esqui aéreo, nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia, a jovem sofreu um acidente em Utah (EUA) e lesionou gravemente a terceira vértebra da coluna cervical.