Após confusões, PM reforça: “organizado só entra com carteirinha”

  • Por Jovem Pan
  • 13/02/2014 15h12
SÃO PAULO,SP,01.02.2014:FUTEBOL/CORINTHIANS/TORCEDORES INVADEM O CT - Torcedores invadem o CT Joaquim Grava em São Paulo, SP, neste sábado (1), antes do treino do Corinthians para conversar com os jogadores. . (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress)Torcedores invadem Centro de Treinamento do Corinthians

A preocupação com a violência no futebol paulista é o principal tema do final de semana de clássicos pela 8ª rodada do Campeonato Paulista. Em entrevista exclusiva à Jovem Pan, o capitão Ricardo Mazuk, do 2º batalhão de choque, explicou que a normas em relação à entrada de torcedores organizados será rígida nesse final de semana. Ele ainda revelou que haverá uma “reunião preparatória” entre Polícia Militar e torcidas organizadas.

► Confira a tabela do Campeonato Paulista

A capital paulista será palco de dois jogos com torcidas que, historicamente,j á se envolveram em episódios violentos. No sábado (15), São Paulo recebe a Portuguesa no Morumbi. No dia seguinte, Corinthians e Palmeiras duelam no Pacaembu. “A orientação que a Polícia Militar passa é a seguinte: existe um portão específico para a entrada das organizadas. Porém, o que está acontecendo é que muitos torcedores vem ao estádio com a vestimenta da organizada, porém sua respectiva carteirinha”, disse.

A partir desse final de semana, Razuk explica que não haverá exceções. Todo torcedor organizado que quiser adentrar o estádio necessitará de sua identificação própria. “A Polícia Militar orienta que aquele torcedor que tem a pretensão de fazer parte de torcida organizada que ele vá até a Federação Paulista, consiga a sua carteirinha e aí sim ele pode adentrar o setor específico de organizada. Nesse setor, também entram torcedores comuns, mas se estiver trajando camisa de torcida organizada, necessitará da carteirinha”, explicou.

O capitão admitiu que nem sempre essa regra foi cumprida estritamente pela PM. “Se ele não tiver outra vestimenta, ele não entra. Abrimos algumas exceções em contato com a Federação Paulista para que, nos primeiros jogos, mesmo os torcedores que estivessem sem a carteirinha poderiam entrar”.

Para que tudo ocorra em clima de tranquilidade, a PM se reunirá com as respectivas organizadas dos clubes envolvidos nos clássicos da rodada. “Nessa sexta-feira (14) teremos uma reunião preparatória para os dois jogos do final de semana. Serão acertados todos os detalhes junto às organizadas”, disse Razuk, que declarou que a decisão de enrijecer a norma foi uma ação conjunta entre Federação Paulista e Polícia Militar.