Após dia complicado, Massa tenta acertar o carro e valoriza energia da torcida

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2015 17h21
SÃO PAULO, SP, 13.11.2015: GP-BRASIL - O piloto brasileiro Felipe Massa, da Williams, nos treinos livres no autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, nesta sexta-feira, para o GP Brasil de F-1 que acontece neste domingo (15). (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress)Felipe Massa comemorou o fato de a Williams estar em terceiro no mundial de construtores da Fórmula 1

Mesmo fora da luta pelas três primeiras posições no mundial de Fórmula 1, Felipe Massa fez uma avaliação positiva da temporada 2015. Após um dos treinos desta sexta-feira (13) em Interlagos, o piloto da Williams lamentou o dia difícil e projetou as mudanças necessárias para ir bem no treino classificatório e na corrida do domingo.

“Foi um dia complicado. Primeiro porque tive problemas na primeira sessão, onde o carro não parava na pista. Na segunda sessão conseguimos melhorar um pouco, principalmente com pneu mole. Tivemos também um problema totalmente ligado à traseira do carro, que não para no chão. Mas tem muito chão pela frente, a pista estava muito escorregadia, nosso carro sofreu muito, temos muito o que trabalhar para amanhã”, disse Massa.

Apesar de estar em sexto lugar na classificação geral e brigando com Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen pela quarta colocação, o brasileiro acredita que a temporada tem sido boa. “(Faço) Um balanço positivo. Estamos em terceiro no campeonato (de construtores), fizemos excelentes corridas, talvez corridas onde não chegamos onde deveríamos, tivemos problemas, mas é um campeonato positivo. Tem duas corridas pela frente e vamos tentar acabar ainda melhor”, analisou.

Para tentar a vitória no Grande Prêmio, Massa conta com o apoio da torcida. “Eu estou feliz, leve. É sempre bom estar em casa, com a torcida, tentando pegar o máximo de carinho, força e energia extra da torcida brasileira. Isso é o que interessa para conseguir fazer o melhor resultado no domingo”, concluiu o piloto.