Após disputa de pênaltis emocionante, Dínamo faz “dobradinha” Ucrânia

  • Por Agência EFE
  • 04/06/2015 21h26

O Dínamo de Kiev conquistou o bi da Copa da Ucrânia e sua primeira “dobradinha” desde 2007 nesta quinta-feira ao vencer o Shakhtar Donetsk nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, na final disputada no Estádio Olímpico, na capital do país.

Sem que a rede balançasse por 120 minutos, as duas equipes decidiram o título nas penalidades. O Shakhtar chegou a ter uma vantagem de 3 a 1 e precisava de um erro do adversário em dois chutes ou converter um de seus dois últimos.

A equipe de Kiev então acertou as duas cobranças, enquanto a de Donetsk falhou duas vezes, uma delas com o brasileiro Taison. Na segunda série de alternadas, o goleiro Shovkovskiy parou Hladkyi e garantiu o título, o segundo do Dínamo em poucas semanas, após o triunfo no Campeonato Ucraniano.

Entre os vencedores esteve o lateral-direito Danilo Silva, que foi titular. No Shakhtar, Douglas Costa fez a última partida antes de se apresentar à seleção brasileira para a disputa da Copa América. Também estiveram em campo Alex Teixeira, Bernard e Luiz Adriano, além de Taison.