Após doping, Chael Sonnen é suspenso por dois anos do MMA por comissão

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2014 19h14

Falastrão norte-americano está fora do card do UFC 175Sonnen é pego em exame antidoping e deixa card do UFC 175

A Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) absolveu Vitor Belfort da acusação de doping nesta quarta-feira, mas não foi tão simpática com o norte-americano Chael Sonnen. O falastrão bem que tentou diminuir a sua pena ao declarar a sua culpa, mas os membros da comissão lhe deram uma suspensão de dois anos em qualquer competição que passe pelo controle da entidade.

O ex-lutador, que anunciou a sua aposentadoria logo após ter sido pego no exame antidoping, ainda terá que pagar pelos seus testes e ajudará a NSAC a educar e conscientizar os atletas sobre a questão.

A NSAC pretende utilizar o caso de Sonnen como um exemplo para tornar o esporte mais limpo.

No dia 5 de junho, o “gângster americano” passou por testes para a sua luta contra Wanderlei Silva, que aconteceria no UFC 175. Cinco dias depois, Sonnen já havia sido flagrado em exame surpresa realizado pela NSAC. Na ocasião, afirmou que o uso de tais substâncias fazia parte de um processo pessoal para aumentar a sua fertilidade, pois tentava engravidar sua mulher. Com a punição eminente, ele decidiu abandonar o profissionalismo no MMA.