Após eliminação de virada, Courtois crava: “Maior decepção da minha carreira”

  • Por Agência EFE
  • 01/07/2016 21h02
Goleiro considerou a eliminação para País de Gales mais decepcionante do que a final da Liga dos Campeões

 Acostumado a grandes partidas, embora seja relativamente jovem, o goleiro belga Thibout Courtois declarou nesta sexta-feira após a derrota para o País de Gales por 3 a 1 de virada, em Lille, pelas quartas de final da Eurocopa, jamais ter se sentido tão frustrado como atleta.

“É a maior decepção da minha carreira esportiva, e olha que disputei uma final de Liga dos Campeões”, disse o goleiro, que era titular do Atlético de Madrid na derrota para o Real Madrid na final da “Champions” de 2014.

Sobre o jogo em si, Courtois considerou que a Bélgica deveria ter mantido o ímpeto ofensivo depois de ter feito 1 a 0 ao invés de recuar, como acabou acontecendo.

“Começamos bem, criando duas ou três chances e fazendo gol. Mas depois nos fechamos muito em nosso campo, deixamos muitos espaços. Eles tiveram mais chances que nós e foram mais perigosos. Depois, controlaram o jogo, e sentíamos que não sabíamos o que fazer para criar”, analisou o atleta do Chelsea, que tentou olhar para o futuro com otimismo.

“Temos de ser inteligentes. Somos jovens e vamos viver muito tempo juntos. Mas é uma decepção porque tínhamos a oportunidade de chegar até a final”, destacou.