Após expulsão contra Colômbia, Neymar pega quatro jogos de suspensão

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2015 19h06

O atacante Neymar pegou quatro jogos de suspensão e pode perder todo o restante da Copa América

Neymar durante treino da Seleção Brasileira

O Comitê Disciplinar da Conmebol divulgou nesta sexta-feira (19) a punição dada ao atacante Neymar, depois de sua expulsão já após o apito final na derrota da Seleção Brasileira para a Colômbia, e o maior nome do Brasil pegou quatro jogos de suspensão. Ainda cabe recurso por parte da CBF, que tem que ser apresentado dentro de 24 horas e, neste caso, será julgado no domingo e na segunda-feira. Além da suspensão, uma multa no valor de US$ 10 mil foi aplicada ao atleta.

Com a decisão da entidade máxima do futebol sul-americano, Neymar ficará fora do duelo contra a Venezuela, válido pela terceira e última rodada do Grupo C, que será realizado neste domingo (21), às 18h30 (de Brasília) e, caso a Seleção se classifique para a fase de mata-mata da competição, dos compromissos das fases de quartas de final, semifinal e final.

O anúncio da suspensão demorou a sair, sendo divulgada mais de uma hora depois da decisão do Comitê Disciplinar, já que a Conmebol notificou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) antes de tudo.

Neymar foi expulso depois do encerramento da partida contra a Colômbia. O atacante do Barcelona acabou se envolvendo em uma confusão com o colombiano Carlos Bacca e ambos foram expulsos. No incidente, o brasileiro chegou a acertar uma cabeçada no adversário. Durante o jogo, Neymar já havia recebido seu segundo cartão amarelo na competição, o que o obrigaria a cumprir suspensão automática contra a Venezuela.

A situação do Grupo C está bastante interessante. Todos os times da chave somam três pontos (campanha de uma vitória e uma derrota) e todos estão com saldo de gols 0. O Brasil, no segundo critério de desempate (gols pró), também está empatado com o Peru, já que ambas as seleções marcaram dois gols, mas no confronto direto, terceiro critério, os comandados do técnico Dunga levam vantagem, já que superaram os peruanos por 2 a 1, na estreia. Agora, sem Neymar, o Brasil busca uma vitória a qualquer custo contra a Venezuela para se classificar para as quartas de final da Copa América 2015.