Após final do contrato com o Real Madrid, CR7 pode pintar nos Estados Unidos

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2015 12h51

Cristiano Ronaldo quebrou recorde de Raul em competições europeias após jogo contra Schalke 04

Cristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid contra Schalke 04

Com a atual crise vivida pelo Real Madrid, as especulações sobre uma possível transferência de Cristiano Ronaldo voltaram a acontecer. Nesta terça-feira, o jornal inglês Metro colocava CR7 e Bale no Manchester United, por cerca de R$ 600 milhões.

Nesta quarta-feira, outro rumor, mas não para sair de Madrid na próxima janela, mas no final do seu contrato com o Real, em junho de 2018. Segundo a revista americana, Sports Illustrated, o gajo estaria disposto a atuar pela Major League Soccer, a liga americana de futebol.

De acordo com a publicação, Ronaldo iria para os Estados Unidos após a Copa do Mundo da Rússia, quando terá 33 anos. A revista ainda destaca as cidades preferidas do atacante que são: Nova Iorque, Miami e Los Angeles.

Caso Cristiano fosse mesmo jogar na MLS estaria seguindo o mesmo caminho de David Beckham (Los Angeles Galaxy), Thierry Henry (New York Red Bulls), David Villa (New York City), Kaká (Orlando City) e Raul (New York Cosmos).

Segundo a imprensa espanhola, CR7 está apresentando seus piores números de janeiro a março desde que chegou a Espanha. Em 14 partidas, Cristiano Ronaldo marcou nove gols.