Após fracos resultados, Fluminense demite Renato Gaúcho

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2014 09h45
Renato Gaúcho é demitido do Fluminense

Renato Gaúcho não é mais técnico do Fluminense. Em nota oficial divulgada na manhã desta quarta-feira (13), o clube carioca anunciou a saída do treinador, que não suportou a eliminação para o Vasco no Campeonato Carioca e o risco de queda na Copa do Brasil para o modesto Horizonte. A saída do ex-artilheiro foi bancada pelo presidente Peter Siemsen, que fez valer sua posição frente à patrocinadora do clube, que desejava a manutenção da comissão técnica. 

Nesta quarta-feira (02), o técnico sequer aparecer nas Laranjeiras. A decisão foi tomada em reunião entre diretoria e patrocinadores que invadiu a madrugada de terça para quarta. Sem multa recisória, o Fluminense não terá grandes despesas com a saída de Renato Gaúcho. Quem assume, momentaneamente, é o auxiliar técnico Marcão, até que seja anunciado o novo técnico.

A demissão de Renato Gaúcho deixa, mais uma vez, evidente o racha entre diretoria e patrocinadora do clube carioca. Esse atrito já havia ficado claro na chegada do treinador às Laranjeiras. A Unimed, representada por Celso Barros, bancou a contratação do ex-atacante mesmo contra a vontade da diretoria. Com os fracos resultados do Flu na temporada, a patrocinadora tem ameaçado não investir mais em contratações para o elenco. 

Essa foi a quinta passagem de Renato Gaúcho como treinador nas Laranjeiras. Em 18 jogos, foram nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Sob comando dele, o Flu marcou 23 vezes e sofreu 21 gols.