Após punição a dirigente racista, NBA nomeia diretor interino dos Clippers

  • Por Agência EFE
  • 09/05/2014 21h51
LOS ANGELES, CA - DECEMBER 19: Blake Griffin #32, Chris Paul #3, and Chauncey Billups #1 of the Los Angeles Clippers look on against the Los Angeles Lakers at Staples Center on December 19, 2011 in Los Angeles, California. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and/or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2011 NBAE (Photo by Noah Graham/NBAE via Getty Images)CLIPPERS23032012

A NBA nomeou o afro-americano Dick Parsons, ex-presidente de entidades como Citigroup e Time Warner, como diretor-executivo interino dos Los Angeles Clippers com efeito imediato 11 dias depois da suspensão ao dono da franquia, Donald Sterling, por declarações racistas.

“Acho que a contratação de Dick Parsons representará uma liderança extraordinária e uma estabilidade imediata à organização dos Clippers”, disse em comunicado o comissário da liga, Adam Silver.

“Suas credenciais como diretor falam por si só, e estou extremamente agradecido que tenha aceitado essa responsabilidade”, acrescentou.

Parsons, de 66 anos, é atualmente assessor na empresa Providence Equity Partners e membro da direção da Comissão de Debates Presidenciais. Ele já manifestou todo o apoio ao elenco dos Clippers e ao técnico Doc Rivers nas semifinais da Conferência Oeste contra o Oklahoma City Thunder, que está empatada em 1 a 1.

No último dia 29, Silver suspendeu Sterling pelo resto da vida devido aos comentários racistas, o multou em US$ 2,5 milhões e ainda vem se esforçando para que o empresário venda a franquia. Em meio ao escândalo, o presidente da equipe, Andy Roeser, tirou licença por tempo indeterminado.