Após três gols pela Seleção, Paulinho é eleito pior jogador da história do Tottenham

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2017 17h19

Paulinho foi jogador do Tottenham entre 2013 e 2015

Divulgação / Tottenham Paulinho foi jogador do Tottenham entre 2013 e 2015

O volante Paulinho marcou três gols na noite da última quinta na partida da Seleção contra o Uruguai, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Se tem alguém que ficou surpreso com esse desempenho foi o torcedor do Tottenham, que elegeu o volante brasileiro como o pior jogador que já vestiu a camisa do clube londrino.

A revista inglesa Four Four Two publicou uma extensa lista dos piores jogadores na história de vários clubes ingleses em votação feita pelos próprios torcedores. E o eleito da torcida dos Spurs foi justamente Paulinho, que em 2013 trocou o Corinthians pela Inglaterra. O Tottenham pagou 18 milhões de euros para contar com o jogador.

Segundo o torcedor Tom Hayward “em termos de gasto e retorno, Paulinho sobe ao topo de dinheiro gasto com um jogador sem talento”. Tom, que é dono de um conhecido podcast entre os torcedores do Tottenham, afirma que Paulinho até que “enganou bem” em seus primeiros dias.

“O brasileiro de 18 milhões começou razoavelmente bem, marcando um gol nos últimos minutos contra o Cardiff, mas logo seu título de “novo Lampard” se tornou ridículo”, conta o torcedor, que também se lembra de outros momentos memoráveis do volante, mas não por bons motivos: “em outro jogo contra o Norwich, ele recebeu um passe tão mal que a bola subiu e bateu em seu rosto”.

Paulinho ficou no Tottenham até 2015, quando foi vendido para o chinês Guangzhou Evergrande, fato este que é comemorado por Tom: “pensar no Paulinho me deixa fisicamente irritado. Fico feliz dele ter ido para a China, onde eu não tenha mais que olhar para ele”, afirma.

Com Felipão, Paulinho já foi campeão de dois Campeonatos Chineses e uma Liga dos Campeões da Ásia. Porém, em suas duas temporadas na Inglaterra, o brasileiro atuou em 67 partidas e marcou dez gols.

Ídolo de uns, odiado por outros

O uruguaio Diego Lugano é idolatrado pelo torcedor do Uruguai e do São Paulo, mas é possível que os fãs do West Bromwich não vejam motivos para tamanho amor pelo zagueiro.

“Quando um fã do West Brom vê o nome de Lugano vão se lembrar automaticamente da derrota por 4 a 3 para o Aston Villa, quando o uruguaio derrubou Benteke na área e cometeu pênalti. O torcedor também vai lembrar com desgosto da sua falta de ritmo e de suas constantes faltas”, afirma o torcedor Lewis Chapman.

Torcedores do Chelsea e do Manchester City devem guardar boas lembranças do inglês Wright-Phillips, que foi goleador em ambos os clubes na década passada. Mas para o fã do Queens Park Rangers, seus dois gols em 74 jogos não são lembrados com tanta saudade.

“Ele simboliza tudo de errado no QPR de 2011 a 2015. Um dos vários jogadores com grande nome e reputação que veio para Loftus Road tarde demais na carreira e se aproveitando do dinheiro fácil. Qualquer habilidade que ele possuísse alguma vez deve ter se esgotado quando ele chegou até nós. Era como se a bola fosse grande e pesada demais para ele. Não conseguia chutar, passar ou correr sem cair”, detonou o torcedor Clive Whittinghan.

Lembra dele?

Paulinho não é o único brasileiro lembrado pelos torcedores ingleses. Contestado até quando foi convocado por Dunga para a Seleção, o atacante Afonso Alves foi o eleito pela torcida do Middlesbrough. O torcedor Phil Spencer conta que a notícia da sua contratação, após uma grande temporada na Holanda, até causou um “carnaval” entre os torcedores do Middles, porém o que se viu foi uma completa decepção.

“Infelizmente, nosso homem de 12 milhões de euros nunca foi demitido e marcou apenas 10 gols em sua passagem por Teesside antes de pegar um avião para o Catar para assinar com o Al-Sadd”, conta Phil, que ainda complementa: “talvez devêssemos ter suspeitado que algo estava errado quando ele não conseguiu dar duas embaixadinhas na sua apresentação”.