Após vexame, Mano vê eliminação “justa” e minimiza provocação de atleticanos

  • Por Jovem Pan
  • 16/10/2014 07h46
durante a partida entre Atletico/MG x Corinthians/SP, realizado esta noite no Mineirao, jogo da volta pela Copa do Brasil 2014. Juiz: Leandro Pedro Vuaden - Belo Horizonte/MG/Brasil - 15/10/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansMano Menezes lamenta vexame corintiano em Minas Gerais

A eliminação vexatória corintiana diante do Galo foi justa. Foi essa a avaliação do técnico Mano Menezes na entrevista coletiva concedida após o final da partida. O gaúcho reconheceu o péssimo desempenho da equipe na partida, disse não achar justo atribuir a responsabilidade da eliminação aos jogadores e minimizou a comemoração provocativas dos jogadores do Atlético-MG ainda no gramado do Mineirão. 

Mesmo com uma vantagem de 3 a 0, o Corinthians não conseguiu administrar a vantagem e deixou ser dominado pelos mineiros durante 90 minutos. “Acho que o resultado foi justo. O Atlético-MG foi superior ao Corinthians mesmo com nosso time tendo feito o que manda a cartilha: vantagem de 2 a 0 em casa e sair na frente fora como fizemos.  Nosso primeiro tempo foi muito ruim, depois do gol não conseguimos encaixar a marcação, não conseguimos ter posse de bola, não conseguimos quase nada e permitimos a virada ainda no primeiro tempo, com muita facilidade”, disse.

O técnico condenou a declaração de Cássio que, na saída do gramado, afirmou que “tem gente que não está preparada” para atuar no Corinthians. “É uma frase inoportuna para o momento. Você está de cabeça quente, não é bom fazer conceitos definitivos. Óbvio que temos jogadores iniciantes em uma grande equipe. Mas não devemos conduzir a eles uma derrota grande como essa. Nós, o comandante e os jogadores mais experientes, precisamos assumir uma parcela muito maior. Logo o Corinthians vai ter um grupo com capacidade de ser campeão. Não acho justo atribuir a outros jogadores. O momento é de silêncio. É a melhor coisa para que respeitemos a dor que nosso torcedor está sentindo neste momento. Temos de sentir junto com ele”.

A única esperança corintiana na temporada é conseguir uma vaga na Libertadores 2015 via Campeonato Brasileiro. Mano pregou total esforço do elenco nessa direção. “Tem de fazer tudo para conquistá-la. É o objetivo. Estamos sempre muito próximos ou dentro dos quatro que vão conquistar a vaga. É isso que temos de fazer”, pediu. 

Sobre os jogadores do Atlético-MG, que comemoraram a classificação de forma semalhante a que Mano Menezes colebrou o segundo gol corintiano no jogo da ida do confrnto, Mano se esquivou de polêmicas com os adversários. “Quem está alegre tem o direito de comemorar. Eu estava alegre na Arena Corinthians e não era nenhum desrespeito ao Atlético-MG”, finalizou.