Após voltar à Série A, técnico e presidente da Ponte Preta miram título

  • Por Flávio Prado/Jovem Pan
  • 09/11/2014 13h01

Macaca venceu o Bragantino no sábado (8) e se garantiu na divisão de elite em 2015

Após voltar à Série A

A Ponte Preta garantiu o seu retorno à primeira divisão do Campeonato Brasileiro na tarde do último sábado, ao bater o Bragantino, em Bragança Paulista, por 2 a 0. Em entrevista à Jovem Pan, o presidente da Macaca, Marcio Della Volpe e o técnico Guto Ferreira deixaram claro que querem ainda mais: o título da Série B do nacional.

O grande rival dos paulistas na briga pela taça do Brasileirão é o Joinville, exatamente o próximo adversário da Ponte na competição, em partida válida pela 35ª rodada, na Arena Joinville, em Santa Catarina. Della Volpe acredita que em caso de uma vitória no confronto direto – a Ponte Preta lidera com um ponto de diferença para os catarinenses – , o título ficará ainda mais perto.

“Se ganharmos contra o Joinville, daremos um passo gigantesco para o título. É um jogo muito difícil. Pela história da Ponte Preta, queremos muito esse título. Vamos focar muito nesse jogo e se vencermos vamos encaminhar bem, mas nada estará garantido ainda”, ressaltou.

Guto Ferreira, afastado por conta de problemas de saúde, não esteve presente na beira do gramado para comandar seus jogadores rumo à vitória em Bragança Paulista. Elogiando o elenco que a equipe formou para a competição, o treinador garantiu que não baixará a guarda por ter conseguido o acesso. Guto lembrou que o elenco da Macaca vem sendo formado desde 2011, quando Gilson Kleina era o líder do time.

“Eu acho que ontem conseguimos atingir o primeiro grande objetivo, que era o acesso. Agora vamos trabalhar nesses últimos quatro jogos, respeitando Joinville e Vasco, mas buscando o melhor. A Ponte começou um trabalho de resultados que começou com o Kleina em 2011. O momento da Ponte fortalece o que fizemos durante esse tempo”, pontuou.