Aranha fecha o gol, é vaiado, e Santos segura empate sem gols com Grêmio

  • Por Jovem Pan
  • 18/09/2014 22h25

Aranha fechou o gol contra o Grêmio e ajudou o Santos a segurar o empate

Folhapress Aranha

Depois do polêmico episódio nas oitavas de final da Copa do Brasil, quando alguns torcedores gremistas chamaram o goleiro Aranha de ‘macaco’, Grêmio e Santos voltaram a se encontrar na noite desta quinta-feira (18), novamente na Arena do Grêmio, mas desta vez em duelo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desta vez, Aranha voltou a ficar sob os holofotes, mas agora pelas boas defesas e, também, por conta das vaias da torcida local, que ainda não engoliu a punição imposta ao clube. No final da partida, sobressaiu a atuação do arqueiro, que fechou o gol e garantiu um empate por 0 a 0 para o Santos, fora de casa.

O primeiro tempo terminou com algumas boas chances criadas, sobretudo por parte do Grêmio, mas sem gols das duas equipes. No segundo tempo, a partida caiu muito de qualidade e, assim, nada mais justo do que o 0 a 0 permanecer.

Com o resultado, o Santos chega aos 30 pontos conquistados em 22 jogos (campanha de oito vitórias, seis empates e oito derrotas, e continua na nona posição do Brasileirão. Já o Grêmio subiu para 36 pontos (dez vitórias, seis empates e seis derrotas) e sobe para a quinta colocação do campeonato.

No final de semana, na 23ª rodada do Brasileirão, o Grêmio enfrenta a Chapecoense, novamente na Arena do Grêmio, enquanto que o Santos recebe o Figueirense na Vila Belmiro. Os dois jogos serão no domingo (21), às 18h30 (de Brasília).

O jogo – Os primeiros minutos de partida na Arena do Grêmio foram de pouca qualidade técnica, mas o Grêmio não demorou a criar boas chances de gol. Aos oito minutos, Dudu chegou pela direita e finalizou sem ângulo, mandando a bola na rede pelo lado de fora.

O Santos chegou aos 14, quando Gabriel recebeu passe de Leandro Damião, se esticou, mas não conseguiu desviar a bola para o gol.

Pouco depois, aos 18 minutos, o Grêmio chegou bem na troca de passes, Lucas Coelho ajeitou a bola e bateu cruzado, mas Aranha se esticou todo e, com a ponta dos dedos, evitou o gol, mandando a bola para escanteio.

Um minuto mais tarde, os gaúchos voltaram a chegar bem, quando Lucas Coelho partiu em velocidade pela esquerda, finalizou de canhota, mas Aranha fez o desvio e a bola tocou na trave em sequência. Grande susto santista!

O Grêmio continuou melhor em campo depois das boas chances, mas nos minutos seguintes do primeiro tempo, não foram criadas grandes oportunidades de o placar ser alterado.

A primeira etapa terminou com Aranha sendo o maior destaque e com a torcida do Grêmio vaiando muito o arqueiro adversário.

No segundo tempo, logo aos dois minutos, Dudu recebeu bom passe de Lucas Coelho e finalizou forte de dentro da área, buscando o canto da meta santista, mas Aranha voltou a intervir e evitou o primeiro gol gremista novamente.

Com seis minutos no relógio, Lucas Coelho recebeu lançamento na medida, mas fez um fraco arremate e facilitou a vida do goleiro do alvinegro da Baixada Santista.

Depois da oportunidade de Lucas Coelho, a partida caiu muito em termos de emoção e o que se viu foi uma partida fraca na maior parte da etapa complementar.

O Santos quase criou uma boa chance aos 34, quando Robinho recebeu bom lançamento, invadiu a área, mas deixou a bola escapar e Marcelo Grohe ficou com ela.

Os minutos finais de jogo não tiveram grandes emoções e o empate sem gols se confirmou em Porto Alegre.